22/08/2013 às 08h55min - Atualizada em 22/08/2013 às 08h55min

Sejap inaugura 1ª unidade prisional gerida pelo da Apac em São Luís

Está localizada na sede da antiga Unidade Prisional de Ressocialização do bairro Monte Castelo

SSP-MA
 A primeira unidade prisional gerida pelo método da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) foi inaugurada, nesta terça-feira (20), em São Luís, pela Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap).
 
Está localizada na sede da antiga Unidade Prisional de Ressocialização do bairro Monte Castelo. É a primeira de São Luís a adotar o método, que se dedica a reintegrar internos por meio do trabalho, valorização humana e evangelização.
 
A Unidade recebeu os primeiros internos, momentos antes da inauguração. Foram transferidos 58 presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em uma ação da Sejap e 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís. 
 
Entre os transferidos seis já estão trabalhando e os demais realizarão atividades ressocializantes. Presentes na inauguração, o secretário-adjunto de Justiça, Kécio Rabelo; juízes da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís, Roberto de Paula e José Costa; do diretor do Presídio de Pedrinhas, Marcos Serejo; e do superintendente de Estabelecimentos Penais, Ronald Dias.
 
Kécio Rabelo informou que 100 internos do regime semiaberto serão transferidos para a unidade, este mês. Para o juiz Roberto de Paula, a unidade representa um novo momento. “É um novo horizonte na realidade do cumprimento de pena, em São Luís”.
 
O objetivo é combater a superlotação do Complexo de Pedrinhas e separar os apenados por regime de cumprimento de pena. “O método APAC tem obtido bons resultados em outros estados e estamos colocando em prática este método em São Luís por meio de convênios da Sejap e a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, visando a ressocialização dos internos”, afirmou.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp