20/07/2017 às 09h08min - Atualizada em 20/07/2017 às 09h08min

Mulher jogou o próprio filho em lixão da cidade de Timon. Ela alegou não está preparada para ser mãe.

Redação | Judson Carvalho, com informações da SSP-MA
Foto: SSP-MA

Uma mulher identificada como Ana Núbia Almeida da Silva foi, de 40 anos de idade,  foi presa, na cidade de Timon, na tarde da última terça-feira (18), segundo a Polícia Civil, ela é suspeita de jogar o corpo de uma criança recém-nascida em ponto de coleta de lixo. Na delegacia, Ana Núbia alegou “não está preparada” para ser mãe

De acordo com a polícia, o corpo da criança foi encontrado por funcionários da limpeza, que após sentirem um odor fora do comum, descobriram um cadáver de uma criança dentro de alguns sacos plásticos. De imediato a polícia foi acionada para apurar o fato, e posteriormente as testemunhas foram ouvidas no intuito de identificar onde o saco teria sido recolhido.

A provável causa da morte teria sido causada por asfixia, o que se caracteriza como crime de infanticídio, além da ocultação do cadáver, isso por que laudos preliminares acreditam que o corpo da criança estaria escondido desde do último sábado (15).

As investigações apontaram que logo após procedimentos clínicos periciais realizados na suspeita, a criança teria nascido com vida. A mulher foi apresentada a Central de Flagrantes para os procedimentos legais, ficando presa até um parecer do Poder Judiciário.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br .


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp