24/02/2021 às 14h49min - Atualizada em 24/02/2021 às 14h49min

Instituto Confúcio na Unesp – MA abre inscrições para novas turmas de Língua Chinesa

As inscrições para novos alunos no nível Básico I deverá ser realizada de forma virtual entre os dias 19 e 26 de fevereiro.

Edição: Lucas Melo
Unesp/Governo do Estado do Maranhão
Foto: Reprodução


A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) divulgou a abertura de novas turmas para o Curso de Língua Chinesa do Instituto Confúcio na Unesp – Maranhão. Entre os dias 19 e 26 de fevereiro, interessados em aprender o idioma poderão se inscrever para o curso nível Básico, a ser ministrado na modalidade à distância. Serão 50 novas vagas distribuídas em duas turmas: sexta-feira, das 09h às 12h; e sexta-feira, das 19h às 22h;

Para se candidatar à vaga os candidatos devem cumprir os requisitos necessários especificados no edital tais como ter nacionalidade brasileira; ter a partir de 16 anos, no momento da inscrição; ter concluído ou estar cursando o Ensino Médio. As inscrições para novos alunos no nível Básico I deverá ser realizada de forma virtual entre os dias 19 e 26 de fevereiro de 2021 no link https://forms.gle/4BDFqzJ4EFov4fjL6

O preenchimento das vagas será definido por sorteio via www.sorteador.plataformadesorteio.com.br entre os inscritos. Os interessados nas aulas de mandarim podem acessar o site www.secti.ma.gov.br/editais/abertos e obter mais informações no edital.

O Instituto Confúcio na Unesp – Maranhão

O Instituto Confúcio foi instalado no Casarão Tech Renato Archer (Rua da Estrela) em agosto de 2018. A presença do Instituto Confúcio no Maranhão é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, Prefeitura de São Luís, Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” – UNESP, Instituto Confúcio na UNESP e Universidade Federal do Maranhão – UFMA. A parceria tem como missão o ensino da língua chinesa (mandarim), a divulgação da cultura e da história da China e o fortalecimento do intercâmbio cultural e acadêmico entre o Brasil e a China.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp