Portal Emaranhense Publicidade 728x90
10/02/2024 às 15h43min - Atualizada em 10/02/2024 às 15h43min

Governo anuncia reforma do Centro de Especialidades Médicas do Olho d’Água

A unidade é a referência estadual no atendimento a crianças de até 12 anos diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Da Redação
SES/Emserh
Centro de Especialidades Médicas do Olho d’Água vai passar por reforma (Foto: Divulgação)
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), iniciará a reforma do Centro de Especialidades Médicas (CER) do Olho d’Água, em São Luís. Os atendimentos na unidade de saúde serão suspensos temporariamente no período de 15 de fevereiro à 1º de março. A obra faz parte de um cronograma de melhorias na unidade.

“Essa reforma é uma conquista para pacientes e familiares que vinham solicitando melhorias no local, a fim de garantir a qualidade e segurança da assistência. Aproveitamos para comunicar que neste período todos os colaboradores estarão participando de treinamentos com foco na qualificação profissional”, frisou o presidente da Emserh, Marcello Duailibe. 

A unidade é a referência estadual no atendimento a crianças de até 12 anos diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O projeto da obra foi idealizado pela Emserh e será executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra). Nesta primeira etapa, todo o telhado da unidade será trocado. 

“Essa reforma não é apenas paliativa. Vamos mexer na estrutura, inicialmente no telhado, para garantir a população uma unidade confortável e de qualidade. O cronograma inclui posteriormente reforma e ampliação da unidade para melhorar o fluxo”, explicou a diretora de Engenharia e Manutenção da EMSERH, Jessyca Xavier.

Para a jornalista Bethania Brelaz, mãe da pequena Mariana, a reforma é bem-vinda. A menina fez tratamento na unidade por conta do diagnóstico de TEA nível 3. Para a mãe, o serviço oferecido no Centro TEA Olho d´Água contribuiu de forma bastante positiva no tratamento de sua filha. 

“Foi muito importante para o desenvolvimento da minha filha porque lá ela era atendida por vários profissionais: fonoaudiólogo, educador físico, terapeuta ocupacional. O tratamento lá é completo, com acompanhamento médico especializado para o diagnóstico dela. Todos usando o método ABA, que é método mais eficaz dentro do aspecto autista. Lá ela aprendeu habilidades de rotina de vida diária, para adquirir a independência dela. Nós pais somos motivados a reproduzir esses métodos em casa e esse apoio à família é importante”, frisou a mãe. 

Centro TEA

Inaugurado em 2019, o Centro TEA recebe pacientes com idade de até 12 anos diagnosticados com o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Atualmente, a unidade atende a mais de 200 crianças. Desde a sua criação, mais de 4 mil pacientes já passaram pelo Centro TEA ou ainda recebem algum tipo de acompanhamento pela equipe multiprofissional da unidade. A unidade presta assistência de forma individualizada por meio de uma equipe multidisciplinar em especialidades como educação física, fonoaudiologia, psicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional, artesão, assistente social e musicoterapia.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp