02/09/2013 às 09h46min - Atualizada em 02/09/2013 às 09h46min

Prefeitura de Carolina lança programa de habitação para a população

O programa do Governo Federal em parceria com a administração municipal espera nesta primeira etapa cadastrar cerca de 300 famílias de baixa renda para aquisição do imóvel

Prefeitura de Carolina

A Prefeitura de Carolina realizou neste sábado (31), no povoado São João do Paraíso, a primeira reunião do Programa Nacional de Habitação Rural, o PNHR, destinado às famílias de baixa renda que desejam adquirir a casa própria.

O programa do Governo Federal em parceria com a administração municipal espera nesta primeira etapa cadastrar cerca de 300 famílias de baixa renda para aquisição do imóvel.

O consultor do programa, Aristides Lisboa, explicou os passos da primeira etapa do programa que consta de cadastro das famílias e posterior levantamento da real necessidade de cada cadastrado no programa.

“É importante alertar que o PNHR possui critérios que são extremamente considerados para aquisição da casa. Cada pessoa que pleiteia o benefício precisa comprovar todas as informações no pré-cadastro que será feito”, explica.

O programa é destinado apenas para trabalhadores rurais com atividade, idosos, mães com filhos e deficientes. Não podem participar servidores ou contratados públicos ou pessoas com renda comprovada.

De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Social, Cynthia Noleto, o cadastro será rigoroso para que seja feito com seriedade e compromisso com a população.

“Estamos disponibilizando máquina fotográfica, GPS além de todo o material necessário para que realmente somente as famílias que necessitem da casa própria sejam beneficiadas”, pontuou.

Para as famílias que extraviaram ou perderam os documentos necessários para o cadastro, o cartório da cidade se prontificou em atender de forma gratuita disponibilizando a segunda via dos documentos.

“Essa é uma ação em que todos nós, tanto poder público quanto iniciativa privada, precisamos colaborar. De segunda a sexta em horário comercial as pessoas que precisarem da segunda via dos seus documentos poderão retira-los de forma gratuita”,  falou João Odolfo.

Casas Populares

As casas tem tamanho padrão que medem cerca de 42m, com custo aproximado de R$28.500,00. Elas são compostas por 02 quartos, 01 banheiro, 01 sala, 01 área coberta com pia, 01 caixa d’água, instalação elétrica além de cerâmica e pintura.

Depois de São João do Paraíso, o prefeito de Carolina, Ubiratan Jucá, espera estender o programa para outras regiões com famílias de baixa renda.

“Nosso objetivo é atender as famílias que precisam de moradia. Para isso estamos fazendo levantamento para identificar o número real de pessoas que precisam de habitação, queremos até o ano que vem disponibilizar cerca de mil casas do programa”, finalizou.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp