16/05/2014 às 09h46min - Atualizada em 16/05/2014 às 09h46min

Escrivã da Polícia Cívil é morta a facadas em delegacia de Caxias

Escrivã ouvia o acusado Francisco Alves de Castro na hora que ele cometeu o crime

Band Caxias
O fato aconteceu na Delegacia da Mulher no município de Caxias, a escrivã Lohanny Maranhão, de 33 anos, estava ouvindo Francisco Alves de Castro, acusado de estrupar duas filhas menores idade, uma de 15 e outra de 17 anos. O gari, de 43 anos, já havia passado pelo Conselho Tutelar para dar explicações sobre o caso. Intimado pela polícia, Franciso Alves de Castro compareceu a delegacia da cidade munido de uma faca de serra.
 
Veja a reportagem completa:


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp