23/02/2018 às 10h20min - Atualizada em 23/02/2018 às 10h20min

Chefe de investigações criminais é exonerado após ser flagrado próximo a sítio usado para contrabando

- Redação

O superintendente estadual de investigações criminais, Thiago Bardal, foi exonerado do cargo, após ter sido foi encontrado em um local alvo de crimes e investigado pela Polícia Militar.

A notícia da exoneração, do agora ex-superintendente, foi dada pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, na tarde desta quinta-feira (22). De acordo com Jefferson, por volta de 01:00 da manhã, em uma operação da Polícia Militar, realizada na região do Quebra Pode, em São Luís, Thiago Bardal foi encontrado em um carro com outra pessoa, que seria o seu advogado. Ao ser questionado, o superintendente afirmou que estava vindo de uma festa, mas depois mudou a versão falando que procurava um sítio para comprar.

De acordo com o secretário, ao seguirem até um porto privado, foi encontrado uma patrulha de militares dentro de um carro, que foram abordados e presos. Segundo o comandante de área na região onde ocorreu a operação, coronel Edivaldo Mesquita, os presos faziam parte da Polícia Militar, sendo um major, dois sargentos e um soldado. Outras sete pessoas também foram presas por suspeitas de integrarem um grupo criminoso com atuação na Região Metropolitana de São Luís. Armas, bebidas alcoólicas e cigarros também foram apreendidos.

Foto: Divulgação

No sítio usado para descarregar as mercadorias, foi descoberto um forte esquema criminoso, que de acordo com a polícia era comandado pelo major da Polícia Militar, Luciano Fabio Farias Ragel e o soldado da Polícia Militar, Fernando Paes Amorais Junior. Os dois articulavam outros PMs para cobertura armada através de milícia para organização criminosa.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp