03/01/2017 às 15h19min - Atualizada em 03/01/2017 às 15h19min

Operação de educação para o trânsito orientou condutores em Codó

Foram montadas duas blitzen educativas, uma no cruzamento entre as Avenidas Vitorino Freire e Cristóvão Colombo e a segunda na Avenida Augusto Teixeira. De acordo com o chefe da 3ª Ciretran, Ricardo Reis, foi distribuído um vasto material informativo.

- Redação | Judson Carvalho
Emaranhense.com,com informações do DETRAN-MA

A 3ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Codó realizou uma grande operação de Educação para o Trânsito, ontem  segunda-feira (2), com abordagem a cerca de dois mil veículos. A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Militar do Maranhão (PMMA), Departamento Municipal de Trânsito de Codó, Guarda Municipal, Maçonaria e Rotary Club.

Foram montadas duas blitzen educativas, uma no cruzamento entre as Avenidas Vitorino Freire e Cristóvão Colombo e a segunda na Avenida Augusto Teixeira. De acordo com o chefe da 3ª Ciretran, Ricardo Reis, foi distribuído um vasto material informativo.

“As blitzen foram somente educativas, não foram punitivas. Utilizamos panfletos que alertam para o uso do capacete, do cinto de segurança, respeito à faixa de pedestre e demais sinalizações, não usar o celular quando dirigir, não exceder o número de passageiros, dentre outras normas de segurança”, explicou Ricardo Reis.

O chefe da 3ª Ciretran disse que a operação visa organizar o trânsito e evitar acidentes. O aumento no número de veículos circulando em Codó é significativo e justifica a necessidade de ações de conscientização. Segundo dados da Coordenação de Informática do Detran, nos últimos dez anos, a frota no município passou de cerca de cinco mil para 20 mil veículos.

A condutora Eriane Sousa foi abordada durante a operação e destacou a importância do trabalho educativo. “A iniciativa é muito bem-vinda. A cidade de Codó cresceu e os acidentes são cada vez mais comuns. A sociedade precisa ser orientada e conscientizada sobre as regras do trânsito, por uma questão de segurança”, afirmou.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br e também para nosso whatsapp -(98)98739-7762 .

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp