05/06/2013 às 11h47min - Atualizada em 05/06/2013 às 11h47min

O partido (PAI do Brasil) intensifica a busca por assinaturas no Maranhão

Estamos aí para fazer frente ao PT que perdeu a condição de oposição no Brasil, afirmou secretário geral da sigla

TVMaranhense/Rose Castro

Criado no município de Caldas Novas interior do estado de Goiás e em processo de registro em Brasília o Partido dos Pensionistas Aposentados Idosos do Brasil (PAI), necessita de 500 mil assinaturas para ser reconhecido e registrado também pelo TSE como partido político brasileiro, “Por isso estamos aqui no Maranhão para divulgar o nosso partido e conseguir o máximo de assinaturas  para a sua efetiva criação  junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Temos representação atualmente em todo o país e aqui no Maranhão não é diferente”,  é o que afirma Abmael de Jesus secretário geral do partido. “No momento somos um calo para a presidência da República porque buscamos alcançar a meta de meio milhão de assinaturas em todo Brasil a exemplo da “Rede”, que tem à frente Marina Silva, com o dobro do trabalho do (PAI), mas estamos aí para fazer frente ao PT que perdeu a condição de oposição no Brasil”, concluiu.

 

 Segundo Raimundo Costa representante da sigla no Estado, o (PAI) do Brasil trás para os maranhenses uma proposta diferente do cenário político atual, “ Nossa proposta é pensar desde a criança passando pelos adolescentes até o idoso, de uma forma diferente sem desmerecer os partidos que aí estão, mas estamos dispostos a trabalhar pela melhoria da qualidade de vida destas pessoas, isto sim é importante e nós, vamos vir com tudo, teremos candidatos em todas as esferas políticas: deputados , senadores, governadores e por quê não à presidência da República?”, Raimundo lembrou ainda que a intenção do futuro partido é fazer  uma oposição saudável e assim conquistar filiados em todos os Estados. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp