18/06/2014 às 09h34min - Atualizada em 18/06/2014 às 09h34min

Dia Nacional do Tambor de Crioula tem programação especial

Secom/Prefeitura de São Luís

O dia 18 de junho é dedicado nacionalmente ao Tambor de Crioula, registrado como patrimônio cultural brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Maranhão em 2007. Desde então, a Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), e o Comitê Gestor da Salvaguarda do Tambor de Crioula realizam, todos os anos, a Alvorada dos Tambores.

O evento marcado para esta quarta-feira (18) começa a partir das 7h, na Praça do Pantheon, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite (Centro), com os grupos de tambor de crioula “Arte Nossa”, “Brilho de São Benedito” e “Tambor de Crioula do Oriente” convidando todos para participar da festa.

Após o reconhecimento como patrimônio cultural, foi elaborado um Plano de Salvaguarda do Tambor. O documento foi produzido pelo Comitê Gestor que também é responsável por acompanhar e auxiliar a execução do Plano. O Comitê é composto por representantes da sociedade civil, do poder público de órgãos estaduais e municipais ligados à Cultura e dos próprios grupos de tambor de crioula.

“A data representa o reconhecimento de uma expressão genuinamente maranhense na identidade cultural do Brasil, reforçando não somente a autoestima dos coreiros e coreiras, em sua maioria negros, bem como a aceitação da sociedade em geral com a inserção dos grupos e da prática do tambor em espaços públicos como forma de valorização desta manifestação cultural”, informou o coordenador geral do Comitê Gestor, Neto de Azile.

CAPELA DE SÃO BENEDITO

Entre as ações a favor da preservação e salvaguarda do Tambor de Crioula, a Func conta com espaço destinado ao estímulo e revitalização de rodas de tambor, que é a Capela de São Benedito, localizada na Fábrica São Luís (Rua de São Pantaleão, Madre Deus). No último sábado de cada mês é realizada ladainha e toque de tambor com grupos convidados. A capela fica aberta das 13h às 18h, de segunda a sábado.

SAIBA MAIS

O Tambor de Crioula do Maranhão é uma forma de expressão de matriz afro-brasileira que envolve dança circular, canto e percussão de tambores. Seja ao ar livre, nas praças, no interior de terreiros, ou associado a outros eventos e manifestações, é realizado sem local específico ou calendário pré-fixado. Essa manifestação afro-brasileira ocorre na maioria dos municípios maranhenses, envolvendo uma dança circular feminina, canto e percussão de tambores. Dela participam as coreiras ou dançadeiras, conduzidas pelo ritmo intenso dos tambores e pelo influxo das toadas evocadas por tocadores e cantadores, culminando na punga ou umbigada – gesto característico, entendido como saudação e convite.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp