12/06/2014 às 09h39min - Atualizada em 12/06/2014 às 09h39min

Copa do Mundo é tema nas salas de aula

Estudantes apresentaram mensagens positivas, curiosidades e informações sobre a Copa do Mundo

Secom/Prefeitura de São Luís
A Prefeitura de São Luís tem utilizado a Copa do Mundo como oportunidade de aprendizado na rede municipal de ensino. Diversas escolas da cidade desenvolveram projetos relacionados ao tema e montaram programações especiais para a semana em que se inicia o mundial de futebol. O titular da Secretaria de Educação, Geraldo Castro, definiu as atividades como fomento ao patriotismo e à cidadania. 
 
“Com programações lúdicas e ao mesmo tempo prazerosas, podemos difundir o conhecimento histórico a respeito do evento esportivo, cultivar valores como o espírito esportivo, de competição saudável, e respeito ao próximo. Além do ensino formal, aspectos de cidadania como os trabalhados nesses projetos estão na diretriz do prefeito Edivaldo Holanda Júnior”, comentou o secretário.
 
Na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Rivanda Berenice Braga, no bairro do Barreto, aproximadamente 300 crianças dos turnos matutino e vespertino participaram de uma programação especial na escola. Com o tema “Copa do Mundo: mistura de cores e emoções”, o projeto envolveu estudantes de 1º ao 9º ano, e teve o objetivo de estimular o conhecimento sobre o evento esportivo e outros valores humanos. 
 
A programação teve início com uma mensagem de apresentação da gestora Maria José Silva, e com um momento cívico, durante o qual foi cantado o hino nacional. “A gente trabalha com essas crianças que podemos mudar este Brasil. Os professores passam isso para eles. Quando eles saem daqui, já levam algo de bom também para as famílias”, conta a gestora, para quem as atividades sobre a Copa do Mundo representam também mais um incentivo à assiduidade das crianças na escola.
 
Os estudantes também apresentaram mensagens positivas, curiosidades e informações sobre a Copa do Mundo, participaram de jogos de perguntas e respostas e prepararam um mural com recados aos jogadores da Seleção Brasileira. No pátio da escola, foi confeccionado um minicampo de futebol. 
 
O estudante José Gomes Filho, do 1º ano do Ensino Fundamental, participou de um concurso de embaixadinhas e aproveitou para se divertir com outras brincadeiras. “Eu vou participar do campeonato de embaixadinha e também gosto de brincar de esconde-esconde, de ‘cola-descola’, e de pular”, contou José Filho.
 
Professora na U.E.B. Rivanda Berenice Braga, a docente Lidinalva Dutra conta que o projeto, desenvolvido desde o fim de maio, contribui significativamente para o cotidiano dentro da sala de aula. “Os benefícios são trabalharmos a questão do amor à pátria, o respeito ao próximo, às regras do jogo, e enfatizar pontos positivos e negativos do nosso país. Eles vão levar isso para o dia a dia”, disse.
 
BRINCADEIRAS
 
Outra escola da rede municipal que promoveu atividades em alusão ao evento sediado no Brasil foi a U.E.B. Thales Ribeiro Gonçalves. Na última segunda-feira (9), a instituição encerrou o Projeto Copa, trabalhado desde janeiro e que, em seu encerramento, fez referência, também, ao período de festas juninas. Mais de 170 alunos do Ensino Fundamental confeccionaram desenhos, dentre os quais foram premiados os melhores. 
 
Os alunos também assistiram a palestras, vídeos educativos documentais, e participaram com brincadeiras alusivas ao futebol. O projeto foi desenvolvido em paralelo ao programa federal Mais Educação, que aborda a educação na perspectiva integral.
 
Na U.E.B. Maria Rocha, algumas das atividades que envolveram os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental foram paródias musicais com o tema da copa, avanços da tecnologia no esporte, estatísticas, pesquisas e curiosidades sobre a última edição do evento mundial, na África do Sul. Nos últimos meses, os alunos se prepararam para o projeto, intitulado “Coração verde e amarelo”.
 
Da decoração das salas e corredores até a produção e exposição, tudo foi produzido e confeccionado pelos próprios alunos. “A nossa maior satisfação foi perceber que ao longo do projeto os alunos começaram a se envolver cada vez mais. Nós aprendemos junto com eles e percebê-los engajados no projeto nos motivou ainda mais”, disse a coordenadora pedagógica da U.E.B. Maria Rocha, Fabiana Xavier.
 
No total, 210 alunos participaram do projeto. Na tarde da quarta-feira (11), os estudantes apresentaram os trabalhos e fizeram uma exposição em toda a escola. Samuel Oliveira, estudante do 7º ano, disse que o que mais chamou a atenção dele foi a evolução da tecnologia no esporte. “Gostei muito de todo o projeto. Aprendemos sobre a origem das bolas, das chuteiras e como aconteceu a copa ao longo do tempo. Gostei de ver como as chuteiras mudaram ao longo do tempo”, contou o estudante. 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp