04/06/2014 às 15h49min - Atualizada em 04/06/2014 às 15h49min

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão acontecerá entre 13 a 19 de outubro

TV Maranhense
Sectec/Fapema
Geraldo Furtado

A Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Sectec) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) iniciaram, nesta quarta-feira (4), os trabalhos de organização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Maranhão (SNCT), que acontece de 13 a 19 de outubro. Na reunião preparatória, que marcou o lançamento do evento no estado, o secretário da Sectec, José Costa e a diretora-presidente da Fapema, Rosane Guerra, apresentaram o projeto da semana para este ano aos parceiros com o objetivo de ampliar o número de atividades e de município com ações.

Nos últimos cinco anos o Maranhão tem se destacado na realização da SNCT e atualmente ocupa o 5o lugar no cenário nacional o 1o no Nordeste em número de atividades. Em 2013, a SNCT recebeu 35 mil visitantes na “Cidade da Ciência”, montada na área externa do São Luís Shopping. A organização do evento trabalha para ampliar este número em 2014, com a ajuda dos parceiros.

A reunião de lançamento contou com as presenças do reitor em exercício da Universidade Federal do Maranhão, Antônio Oliveira; o pró-reitor de Planejamento do Instituto Federal do Maranhão, Carlos Cesar Teixeira; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Estadual do Maranhão; Porfirio Guerra; as secretárias Pamela Santos (Articulação Institucional), Claudeth Ribeiro (Igualdade Racial), Osvaldo Saveera (adjunto da Sectec) e Ribamar Torres (adjunto da Universidade Virtual do Maranhão); a coordenadora de Pesquisa e Extensão da Estácio- Faculdade São Luís, Maria Izaura Pereira; professores, pesquisadores, estudantes e representante do Sebrae, entre outros.

Durante a reunião foi apresentado os anais da SNCT 2013 que pode ser consultado no website disponível na página da Sectec – www.sectec.ma.gov.br. “Este é um primeiro momento de mobilização das instituições, pesquisadores, estudante e da sociedade em geral para participar da Semana que é um evento importante para divulgar a produção cientifica do estado”, destacou o secretário José Costa.

O objetivo da SNCT é democratizar o acesso ao conhecimento científico e aproximar a população da ciência e da tecnologia, promovendo e estimulando atividades de divulgação científica em todo o estado. Em sua 11ª edição a semana tem como tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”, o que se constitui uma grande oportunidade para vincular a produção cientifica aos desafios sociais enfrentados em todas as áreas da sociedade.

 

Prestação de conta

A diretora-presidente da Fapema, Rosane Guerra, destacou que a semana também é um momento de apresentar à sociedade as pesquisa que estão sendo desenvolvidas no estado com o apoio do governo, por meio de edital da fundação. “O lançamento da semana acontece com tempo suficiente para que os parceiros se mobilizem tanto com exposição de produtos, oferta de oficinas, minicursos e palestras. O objetivo principal da semana é a popularização e a divulgação da ciência. Então, quanto maior o número de instituições e municípios participantes, melhor e mais abrangente será a semana”, observou Rosane Guerra.

A SNCT é coordenada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e realizada nacionalmente desde 2004. Conta com a colaboração de setores públicos e privados, de fundações de apoio à pesquisa e de entidades e instituições de ensino, divulgação e pesquisa, além de secretarias estaduais e municipais, em especial de Ciência e Tecnologia.

Para fomentar a realização de eventos durante a semana, a Fapema já disponibilizou este ano um edital que financia projeto para realização de atividades no período que acontece a SNCT. A primeira chamada do edital de Apoio à Semana de Ciência e Tecnologia já foi encerrado, mas a diretora da fundação anunciou durante a reunião que outra chamada deve ser aberta até a próxima semana.

O reitor em exercício da Ufma, Antônio Oliveira disse que o apoio da Fapema tem sido muito importante para a ampliação do número de atividades durante a semana. Ele destacou que a popularização da ciência é importante para despertar nos jovens o interesse pela ciência e se torna um grande cientista para o desenvolvimento da tecnologia como forma de inclusão social.

O pró-reitor da Uema, Porfirio Guerra, disse que a semana é um espaço importante para mostrar à sociedade o que está sendo produzido nas academias. “Estamos ocupando os espaços não só na capital, mas também no interior durante este evento, com destaque aos eventos realizados em Caxias e em Imperatriz, que acontecem em praças públicas, onde toda a comunidade participa e se interessa pelo que está sendo mostrado por nossos pesquisadores”, observou.

 A coordenadora de Pesquisa e Extensão da Estácio - Faculdade São Luís, Maria Isaura Oliveira, contou que para este ano a instituição deve participar com um número maior de estandes e mais atividades. “Ano passado tivemos um público muito bom durante o evento e queremos aproveitar esse momento para mostrar a produção cientifica dos nossos pesquisadores”, contou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp