30/05/2014 às 09h22min - Atualizada em 30/05/2014 às 09h22min

Aluno do curso técnico em Edificações da Uema é selecionado para Programa Ciência Sem Fronteiras

O Ciência Sem Fronteiras é fruto de esforços conjuntos do Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Uema

O estudante do curso técnico em Edificações (a distância) e do 5º período da graduação em Engenharia Civil (presencial) da Universidade Estadual do Maranhão, Rodrigo Anceles Frias, foi selecionado para o Programa Ciência Sem Fronteiras e passará de junho de 2014 a junho de 2015 na University of East London (Universidade do Leste de Londres), na Inglaterra.

O acadêmico pretende trazer como experiência novas amizades e muitas histórias para contar, além mais conhecimentos. "Acredito que o programa seja uma grande oportunidade para que os alunos das universidades brasileiras tenham a chance de vivenciar uma experiência acadêmica em instituições que são referências, assim como conhecer novas culturas e poder crescer pessoalmente e profissionalmente", disse o estudante, que pretende ficar por mais três meses em Londres para intensificar o inglês.

A coordenadora do Núcleo de Tecnologias para Educação, Profa. Dra. Ilka Serra, afirma que ter alunos em programas internacionais contribui para a formação do profissional. "Participar do programa Ciência sem Fronteiras irá permitir que o aluno seja um profissional mais capacitado e qualificado nas competências e habilidades cada vez mais necessárias para o crescimento e desenvolvimento da nossa sociedade. Ele terá a oportunidade de ampliar o conhecimento com instituições e profissionais que são referência no exterior em sua área de atuação, o que permitirá uma nova forma de pensar e a possibilidade de inovar e gerar um grande impacto para o futuro do nosso país", avaliou.

O Programa

O Ciência Sem Fronteiras é fruto de esforços conjuntos do Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo é promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp