20/05/2014 às 09h24min - Atualizada em 20/05/2014 às 09h24min

Biblioteca Municipal recebe doação de livros de arte e tecnologia

Entrega marcou o aniversário de 31 anos da Biblioteca Municipal

Secom/Prefeitura de São Luís

A Biblioteca Municipal José Sarney, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, comemorou 31 anos de existência durante a semana passada. Na ocasião, a representante do Instituto Oi Futuro em São Luís, Cristina Amélia Santos Gonçalves, fez a doação de mais de 200 livros da coleção Arte e Tecnologia para o acervo do espaço. A coleção documenta as obras de artistas brasileiros e estrangeiros que usam a tecnologia em seus trabalhos, por meio de imagens e ensaios críticos. 

“A parceria com o Instituto vai ampliar o repertório do acervo da Biblioteca que, atualmente, conta com livros mais direcionados para a literatura infantojuvenil”, afirmou a coordenadora da Biblioteca Municipal, Rita Oliveira.

As 200 obras doadas são livros de arte que vão além do registro das exposições, retratando toda a trajetória de artistas como Wally Salomão, Marcos Chaves, Adriana Varella, Carlos Vergara, Ivens Machado, Miguel Chevalier, Frederico Dalton, Sonia Andrade e Vicente de Mello, entre outros.

Durante as comemorações pelo aniversário da Biblioteca, foram realizadas atividades como roda de conversa, leitura poética e lançamento de livro. Entre as estantes, foi montada a exposição “Para a criança? Tudo!”, com fotos de Murilo Santos retratando crianças e brincantes de grupos de bloco tradicional de São Luís. A pesquisadora Lenir Oliveira proferiu palestra sobre a construção do dossiê de requerimento do título de patrimônio imaterial para os blocos tradicionais.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura, Francisco Gonçalves, esteve presente no evento e contou sua história de vida para um público de crianças de 5ª e 6ª série da Escola Estadual Jorge Dino. “Meus pais não tinham boas condições financeiras, mas em casa não podia faltar comida, amor, saúde e educação. Hoje, se eu tenho o título de doutor em Comunicação, foi por causa dos livros. Precisamos valorizar a biblioteca e os livros para que a gente possa fazer da vida algo diferente”, declarou.

SOBRE A BIBLIOTECA

O historiador Antônio Marcos Melo Costa, que desenvolve pesquisa sobre as memórias da Biblioteca Municipal, explica que há pelo menos três versões diferentes sobre as origens do equipamento cultural. Uma que diz ter sido criada pela comunidade, outra pelo prefeito anterior à gestão municipal de Mauro Fecury e a oficial datada de 1983.

A Biblioteca está situada no Bairro de Fátima, sendo regulamentada através da Lei Municipal Nº 2.617, de 11 de maio de 1983.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp