14/05/2014 às 09h28min - Atualizada em 14/05/2014 às 09h28min

Polícia Civil do Maranhão prende estelionatário que responde a 17 processos em São Paulo

Isac recebeu voz de prisão, por volta das 18h30, no momento em extorquia dinheiro de pessoas que saíam de um caixa eletrônico

SSP

Uma ação da equipe de captura do 14º DP-Bequimão, coordenada pelo delegado Jeferson Portela Miller, culminou, na segunda-feira (12), na prisão, em flagrante delito, de um paulista que estava praticando o crime de estelionato no bairro Maranhão Novo, em São Luis. Isac Emanuel Santana de Araujo, 44 anos, segundo dados policiais, responde a 17 processos pelos crimes de roubo, furto e tráfico de drogas na cidade de Rio Claro (SP).

Isac recebeu voz de prisão, por volta das 18h30, no momento em extorquia dinheiro de pessoas que saíam de um caixa eletrônico instalado dentro de uma farmácia no Maranhão Novo, em São Luis. Ele, segundo delegado Jeferson Portela, tentou despistar a Polícia dizendo que era natural do município de Monção (MA).

O delegado Jeferson Portela, titular da Delegacia do Bequimão, que esteve à frente dos trabalhos, informou que Isac Emanuel é natural de Rio Claro e atualmente reside na Alameda Balsas, no Jardim Tropical, em São Luís. Contra ele há 17 processos, sendo quinze inquéritos instaurados pela Polícia Judiciária e dois pela Federal. O delegado lembrou que vai entrar em contato a PF a fim de averiguar a existência destes dois processos.

“Depois da prisão do criminoso constatamos no Sigo que ele tem uma vasta ficha criminal. Levantamos também que além desses crimes, ele tem outras passagens pela polícia. Agora vamos fazer contato com a Delegacia da cidade de Rio Claro para saber todos os antecedentes”, relatou o delegado.

Crimes

A Polícia Civil descobriu que ele teria tentado assaltar uma investigadora. Levantamentos apontam ainda que contra o suspeito existe o crime de ameaça à pessoa. A Polícia também investiga a possibilidade do criminoso ter ligação com outras pessoas envolvidas com crimes.

Isac Emanuel foi conduzido ao distrito policial e prestou esclarecimento sobre o crime de estelionato. Durante o depoimento, o criminoso informou que já cumpriu mais de 6 anos de prisão.

“Vamos entrar em contato com as Polícias Interestadual do Maranhão e de São Paulo para finalizar o processo. A princípio vamos encaminhá-lo ao Centro de Triagem em Pedrinhas, já que ele foi atuado pelos crimes de falsidade ideológica e estelionato e, em seguida, será recambiado para a Comarca de Rio Claro, onde cumprirá o restante da pena”, explicou Portela. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp