Portal Emaranhense Publicidade 728x90
23/01/2024 às 09h06min - Atualizada em 23/01/2024 às 09h06min

Rodoviários iniciam paralisação de advertência após assassinato de motorista em São Luís

Parada por tempo indeterminado na Avenida das Cajazeiras em protesto à morte do motorista Francisco Vale Silva durante assalto

Da Redação
(Foto: Reprodução)
Na manhã desta terça-feira (23), motoristas e cobradores de ônibus realizam uma paralisação na Avenida das Cajazeiras, região central de São Luís, como protesto pela morte do motorista Francisco Vale Silva, de 48 anos, assassinado durante um assalto à noite anterior na Avenida dos Franceses.

A paralisação, que tem o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema), ocorre por tempo indeterminado. A manifestação afeta o tráfego na região, causando lentidão no trânsito.

Francisco Vale Silva foi morto enquanto conduzia o ônibus da linha Vila São José/Rodoviária. Os criminosos, após assaltarem os passageiros, ordenaram que o motorista parasse o ônibus. Como não conseguiu frear, Francisco foi atingido por um tiro na cabeça e morreu no local.

O Sttrema emitiu uma nota expressando consternação pelo ocorrido e convocou uma reunião extraordinária para discutir providências diante dos recentes episódios de violência contra os rodoviários.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) também se manifestou, pedindo atenção das autoridades de segurança pública para garantir a tranquilidade dos trabalhadores e usuários do transporte público.

A insegurança no transporte coletivo em São Luís é reforçada pelo registro de um segundo assalto a ônibus próximo ao Shopping Rio Anil, na Avenida São Luís Rei de França, na mesma noite do assassinato de Francisco. A violência tem gerado preocupação e destaca a necessidade de ações efetivas das autoridades competentes para garantir a segurança dos trabalhadores e passageiros.

O sindicato se manifestou após o ocorrido, confira na íntegra a nota:

“É com profundo pesar que o Sindicato dos Rodoviários vem a público manifestar sua consternação diante dos recentes acontecimentos que abalaram nossa categoria e a sociedade como um todo.

Hoje, perdemos um dos nossos, um colega de trabalho dedicado e conhecido carinhosamente como Baixinho, motorista da empresa Maranhense. Francisco Vale Silva foi vítima de uma execução cruel durante um assalto próximo à rodoviária, na avenida dos Franceses. O crime ocorreu dentro de um coletivo, quando, a sangue frio, os assaltantes atravessaram o canteiro central dirigindo na contramão, subtraindo a renda do dia e pertences dos usuários do transporte coletivo.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito, juntamente com os diretores sindicais, estiveram no local imediatamente após saber do ocorrido, oferecendo toda assistência necessária. Infelizmente, Francisco veio a óbito, deixando uma lacuna irreparável em nossa comunidade de trabalhadores.

Além desse trágico episódio, registramos com profundo repúdio o segundo assalto a um coletivo nesta mesma noite, próximo ao Shopping Rio Anil, na Avenida São Luís Rei de França. Mais uma vez, toda a renda do ônibus e pertences dos passageiros foram levados.

A insegurança que assola nossa cidade não pode ser tolerada. Diante destes fatos lamentáveis, convocamos uma reunião extraordinária com a diretoria nesta terça-feira (23), para que sejam tomadas as devidas providências. É imprescindível que as autoridades competentes atuem de maneira eficaz para garantir a segurança não apenas dos trabalhadores rodoviários, mas de toda a população que depende do transporte público.

Expressamos nossas mais sinceras condolências à família de Francisco e reafirmamos nosso compromisso em lutar por condições dignas e seguras para todos os rodoviários e usuários do transporte coletivo”.

Por sua vez, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) pede, por meio de nota, atenção das autoridades de segurança pública para dar tranquilidade aos trabalhadores e usuários do transporte público. Leia a nota:

"O SET São Luís expressa sua irrestrita solidariedade aos familiares e amigos de Francisco Vale Silva, vítima de violência brutal enquanto cumpria seus deveres funcionais na Linha: T972 Vila São José / Rodoviária Carro: 37-511.

Além da solidariedade, fazemos um apelo às autoridades da área de segurança pública para que dediquem mais atenção à necessidade de tranquilidade dos trabalhadores e usuários no percurso diário de ida e volta para seus afazeres". 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp