Portal Emaranhense Publicidade 728x90
23/01/2024 às 08h58min - Atualizada em 23/01/2024 às 08h58min

Polícia Civil do Maranhão prende suspeitos em casos de feminicídio no interior

Crimes ocorreram nos municípios de Rosário e Viana; acusados já estão sob custódia e à disposição da Justiça

Da Redação
SSP
(Foto: Reprodução)
A Polícia Civil do Maranhão realizou, no último final de semana, a prisão de dois suspeitos envolvidos em casos de feminicídio nos municípios de Rosário e Viana. Ambos foram encaminhados ao Sistema Penitenciário, onde permanecem aguardando as medidas judiciais cabíveis.

O primeiro incidente ocorreu na tarde do sábado (20), em Rosário, onde a vítima, uma jovem de 19 anos, foi brutalmente assassinada com um golpe de arma branca no pescoço. O suspeito, tio da vítima, conseguiu fugir, mas foi encontrado no dia seguinte em um imóvel na cidade. A população, ao saber do paradeiro, reagiu agressivamente, sendo necessária a intervenção da Polícia Militar para evitar um linchamento.

O delegado regional de Rosário, Leonardo de Oliveira, relatou que o suspeito, ao ser conduzido à delegacia, confessou o crime, alegando tê-lo cometido após um desentendimento. A vítima apresentava sinais de luta corporal, e a possibilidade de violência sexual está sendo investigada mediante exames do Instituto Médico Legal (IML).

Após os procedimentos na delegacia, o suspeito foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de São Luís, ficando à disposição da Justiça para as devidas responsabilizações.

O segundo caso, em Viana, ocorreu na madrugada do domingo (21), no Povoado Prequeú. A vítima, companheira do suspeito, foi morta a socos e por afogamento. O agressor, que possui histórico de crimes de violência doméstica, confessou o crime e detalhou a discussão que levou às agressões. Ele está detido na Unidade Prisional da cidade.

O delegado de Viana, Washington Luiz, destacou que o suspeito já respondia por outros crimes relacionados à violência contra a mulher, incluindo lesão grave e estupro de vulnerável.

O Sistema de Segurança Pública do Maranhão tem intensificado a atuação no combate ao feminicídio em todo o estado, resultando na prisão de 33 suspeitos no último ano. Essa resposta eficaz reflete o comprometimento do Governo do Maranhão em punir casos de violência contra as mulheres, buscando proteger as vítimas e garantir a justiça diante desse tipo de crime.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp