04/12/2019 às 10h12min - Atualizada em 04/12/2019 às 10h12min

Preso homem que ateou fogo na companheira no bairro da Cidade Operária, em São Luís-Ma

A Polícia Civil do Distrito Federal, após solicitação de apoio do Centro de Inteligência da Polícia Civil do Maranhão, localizou e prendeu, ontem terça-feira (03), Nahim Lemoel da Silva Ribeiro, de 27 anos, acusado de atear fogo no corpo da própria companheira, Dielli Yasmin Viana Costa, no bairro Cidade Operária, em São Luís. O criminoso estava com prisão preventiva decretada pelo juiz Gilberto de Moura Lima desde o dia 18 de dezembro de 2018.

De acordo com o inquérito policial, o crime aconteceu no domingo, dia 15 de outubro de 2017. Nahim espalhou álcool em todos os cômodos da casa em que Dielli dormia, tocou fogo e trancou a porta da residência para evitar a fuga de sua companheira.

Dielli havia saído na noite anterior com o denunciado, com intenção de reatar o relacionamento e estava dormindo em sua casa sozinha, quando Nahim entrou e praticou a ação criminosa. Em seguida, ele saiu andando pela rua, ainda balançando as chaves na mão, de forma bem tranquila.

Segundo vizinhos, ao sentirem o cheiro de fumaça, arrombaram a casa e conseguiram retirar a vítima pela janela. Ainda foi encontrado na casa o litro de álcool utilizado para o crime. O casal tinha um relacionamento conturbado, com diversos términos e voltas, no qual o agressor sempre ameaçava a vítima e seu filho de três anos, inclusive houve várias agressões físicas segundo moradores.

Após ser socorrida, Dielli foi levada para Hospital Socorrão 2. Ela teve 40% de seu corpo queimado na ação criminosa. Nahim Ribeiro foi indiciado pelo crime de Feminicídio na forma tentada (artigo 121,§2º, II, III, IV, c/c § 2º A, inciso I, c/c art.14, II, todos do Código Penal).

O crime foi investigado pelo Departamento de Feminicídio do Maranhão, vinculado à Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Com informações da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp