11/03/2019 às 09h41min - Atualizada em 11/03/2019 às 09h41min

Policiais que amarraram e prenderam duas crianças, são afastados de suas funções, em Caxias.

Os policiais que levaram duas crianças, uma de 10 e outra de 09 anos, amarradas em uma corda e dentro do camburão da Polícia Militar, na última sexta-feira (08), foram afastados de suas funções por determinação do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), em Caxias.

Segundo Anderson Feitosa, conselheiro tutelar do município, os meninos entraram por curiosidade em uma residência que já havia sido arrombada e estava abandonada. Policiais que estavam próximo ao local avistaram os menores saindo do local, e prenderam os garotos, amarrando os dois e colocando no veículo oficial da PM. As crianças foram conduzidas à delegacia e só foram liberadas após a chegada do Conselho Tutelar, que entregou os meninos às famílias.

Bastante abalada, a mãe de uma das crianças que prefere não se identificar, revelou que se desesperou quando soube que o filho tinha sido amarrado. O presidente da Ordem dos Advogados, (OAB), Agostinho Neto, classificou o caso como absurdo e vai entrar com uma representação junto ao Ministério Público.

O secretário Estadual de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, determinou uma apuração rigorosa e defende a expulsão dos policiais militares. Ainda de acordo com ele, a gravidade do fato é motivo para expulsão, já que é papel da polícia zelar pela integridade e dignidade das pessoas. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp