01/03/2018 às 09h29min - Atualizada em 01/03/2018 às 09h29min

Corinthians empata com o Millonarios na Colômbia

Timão fica no 0 a 0 em Bogotá e soma o primeiro ponto no grupo 7 da Libertadores

- Redação | com Band.com.br

O Corinthians conseguiu colocar em campo exatamente o que havia planejado para a estreia na Libertadores. Sem correr riscos, a equipe controlou o jogo e empatou por 0 a 0 diante do Millonarios, na Colômbia, na noite desta quarta-feira. Mesmo com problemas para atacar, a equipe esteve mais perto da vitória e acertou uma bola no travessão com o zagueiro Henrique. O técnico Fábio Carille conseguiu superar sem grande sufoco sua estreia na competição continental.

O Corinthians sobreviveu com dificuldades à fase inicial do jogo aqueles primeiros 15 minutos em que o time da casa normalmente pressiona bastante. O time sofreu principalmente com a bola aérea e os lançamentos longos, mas não correu grandes riscos.

O esquema sem uma referência na área, o mesmo utilizado na vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 0, no sábado, funcionou bem defensivamente. Sem a bola, o time recuava e deixava apenas os meias Jadson e Mateus Vital mais adiantados. Por isso, o time não foi sufocado. No ataque, no entanto, as linhas ficaram muito espaçadas, o que dificultou os contra-ataques. Clayson e Romero ficaram muito recuados.

Com isso, o time também demorou a incomodar o rival. A melhor chance só apareceu aos 31 minutos, quando Jadson lançou Romero, que chutou fraco. Seria preciso maior poder de fogo para superar o goleiro venezuelano Fariñez, um dos destaques do time colombiano e que foi campeão mundial sub-20 pelo seu país no ano passado.

Parte da falta de consistência do jogo dos brasileiros se explica pelos passes errados. Os meias demoraram para se adaptar aos efeitos da altitude, principalmente em relação à velocidade da bola. Jadson errou lançamentos e cruzamentos no primeiro tempo. Além disso, participou pouco do jogo.

Em seu primeiro jogo internacional, Mateus Vital, substituto de Rodriguinho (suspenso), também teve problemas para se adaptar ao jogo na altitude. Não era um jogo para conduzir a bola, mas para tocar mais rápido. Sempre que insistia, ele perdia a bola diante da marcação dobrada.

Bem organizado, o time colombiano marcou a saída de bola, mas não chegou a ser contundente. Embora a bola sempre rondasse a área corintiana - Henrique e Balbuena tiveram trabalho para rebater os cruzamentos - a melhor chance só ocorreu aos 43 minutos do primeiro tempo. Ayron Del Valle, o melhor atacante rival, errou uma cabeçada sozinho na pequena área.

Os colombianos estavam ansiosos para concluir as jogadas. Depois de ter sido campeão em dezembro, o Millonarios recomeçou o torneio em baixa. Até agora, somou apenas cinco pontos em cinco jogos, ocupando apenas a 16ª posição. O lado emocional pesou negativamente. Isso ficou claro no início do segundo tempo quando as chances de gol começaram a aparecer. Primeiro, Huérfanos chutou por cima aos 6 minutos.

Fábio Carille tentou corrigir a falta de profundidade com a entrada de Júnior Dutra no lugar de Clayson e de Emerson Sheik na vaga de Mateus Vital. Nos lances seguintes, o time começou a incomodar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Henrique acertou o travessão. Foi o melhor lance do jogo. Mesmo quando o time colombiano avançou suas peças e tentou pressionar, o time brasileiro manteve o controle da partida.

A equipe colombiana tentou pressionar com bolas aéreas, mas a defesa corintiana, um dos destaques da partida, praticamente não falhou e garantiu o empate na estreia.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss