30/11/2016 às 09h38min - Atualizada em 30/11/2016 às 09h38min

Corpos podem ser liberados nesta quinta-feira.

Neste momento, a movimentação é tranquila na porta do IML de Medellín

Por esportes@band.com.br

Os 71 corpos da tragédia que envolveu a queda do avião que levava a delegação da Chapecoense até Medellín, onde disputaria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, devem ser liberados amanhã. A informação é do jornalista Rodrigo Hidalgo, da Band.

Por enquanto, a movimentação é tranquila na porta do IML de Medelín neste momento para o reconhecimento dos corpos.

Para ajudar no trabalho, até uma base de apoio foi montada para recepcionar os brasileiros no aeroporto colombiano. Os peritos brasileiros já estão na cidade para ajudar no reconhecimento dos corpos.

Deveria decolar um dos voos que segue do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, para Medellín, na Colômbia.

Ontem, aconteceria uma viagem fretada pela CBF, que transportaria jornalistas e familiares das vítimas da tragédia envolvendo o avião da Chapecoense.

No entanto, houve um acordo diplomático entre Brasil e Colômbia, e os corpos das 71 pessoas que morreram no acidente serão reconhecidos no Brasil.

Tristeza sem fim

A cidade catarinense de Chapecó segue de luto nesta quarta-feira. Durante à noite, a torcida fez uma vigília e romaria na Arena Condá e prestaram uma última homenagem aos jogadores, que disputariam sua primeira decisão de um torneio internacional.

Bandeiras do time e faixas pretas simbolizando o luto foram espelhadas pela cidade.

A população fez romaria à Arena Condá para homenagear mortos no acidente.

Veja imagens do acidente aéreo da Chape na Colômbia.

Foto:Fredy Builles/Reutrs

Veja a comoção dos torcedores que lotaram a Arena Condá

Foto:Fredy Builles/Reutrs

Saiba mais  desta e de  outras notícias em nosso facebook.Você pode enviar a sua denúncia para nosso whatsapp-(98)98739-7762.

 

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss