02/05/2019 às 09h05min - Atualizada em 02/05/2019 às 09h05min

Casal acusado de estuprar criança de 5 anos, em Barra do Corda, tem prisão preventiva decretada pela Justiça.

Valdeir Fernandes Ferreira e Luana Cavalcante Alves, acusados pela polícia por abusar sexualmente uma criança de cinco anos, durante ritual de magia negra, tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça. Segundo informações da polícia, a criança também era obrigada a ingerir bebida alcoólica.

O casal já estava detido na Unidade Prisional de Barra do Corda, no entanto, com a decisão judicial, os dois poderão ficar preso por mais tempo. Em depoimento, Luana negou as acusações à polícia, mas Valdeir confessou que estuprava a criança na companhia da mãe. Nos rituais, o sangue dos casal e da criança era retirado e, logo após, ingerido e introduzido nas partes íntimas dos três.

Link
Notícias Relacionadas »
ss