19/07/2018 às 08h42min - Atualizada em 19/07/2018 às 08h42min

Duas pessoas são presas por envolvimento em quadrilha que clonava WhatsApp

- Redação

Mais duas pessoas foram presas nesta quarta-feira (18) pela Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), por envolvimento no crime de golpes pelo Whatsapp. Erick Raphael dos Reis Teixeira e Ivanilde Nogueira Amaral foram presos no povoado Água Limpa, zona rural de São Vicente Ferrer, interior do Estado.

Segundo a Seic, as prisões foram uma continuação da Operação Fraud, deflagrada na terça-feira (17) que já desarticulou uma quadrilha especializada na clonagem de linhas de telefônicas pelo Whatsapp.  O bando clonava as linhas telefônicas e solicitava empréstimos no nome do titular da linha clonada. A quadrilha teve como vítima a governadora do Estado do Paraná, Maria Aparecida Borghetti, Deputados Federais, Estaduais e Ministros de Estado.

Ainda de acordo com a polícia, a organização criminosa chantageava os laranjas para abrirem contas em seus nomes e receberem as transferências bancárias que conseguiam com os golpes. Por mensagens os criminosos se passavam pelas vítimas e alegavam que tinham excedido seu limite de transferência bancário e solicitavam que a vítima transferisse o valor para as contas dos laranjas. As vítimas que aceitavam, acreditavam está fazendo um favor e chegavam até a receber boletos para efetuarem o pagamento.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp