18/06/2018 às 08h42min - Atualizada em 18/06/2018 às 08h42min

Homem é preso em menos de oito dias por transporte ilegal de madeira em Caxias

- Redação | com informações da PRF

Um caminhão carregado de madeira foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite deste sábado (16), no km 561, da BR-316, no município de Caxias. A equipe realiza rondas quando observaram um caminhão, transitando em sentido contrário, com as mesmas características de outro que havia sido apreendido no último dia 8. O veículo transportava lenha sem licença ambiental. Ao abordar o motorista, a equipe constatou que se tratava do mesmo veículo.

De acordo com a PRF, o caminhão era conduzido por um lavrador de 30 anos. Ao solicitarem a documentação do condutor e do veículo, os policiais foram informados pelo motorista que não portava nenhum documento, tanto do veículo quanto seu. Ainda segundo a PRF, quando perguntados sobre o tipo de carga transportada, o condutor e o passageiro informaram que estavam transportando madeira nativa extraídas do Povoado Pindaíba, e que iriam entregar a lenha em uma panificadora na cidade de Caxias. Os suspeitos informaram também, que o preço da carrada seria de R$ 600. Indagado sobre a frequência que efetuava esse tipo de transporte um dos suspeitos informou que fazia em média dois transportes por semana e que realizava entregavas tanto para cerâmicas como para panificadoras da cidade.

Ainda segundo a PRF, a quantidade de lenha transportada era de aproximadamente 24st (estéreo) de lenha, correspondente a 12m³. O motorista e passageiro, juntamente com o veículo, um motosserra e a carga, foram entregues no 1º Distrito de Polícia Civil de Caxias. A Secretaria de Meio Ambiente de Caxias foi acionada e ficou de comparecer no DPC para efetuar os procedimentos administrativos.

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp