10/09/2013 às 08h48min - Atualizada em 10/09/2013 às 08h48min

Táxis podem ganhar pista exclusiva na 23

Secretaria dos Transportes também estuda liberar faixa do corredor Norte-Sul para veículos com 3 pessoas ou mais

Márcio Alves, do Metro São Paulo

A prefeitura estuda criar mais uma faixa exclusiva no corredor Norte-Sul. A ideia é que a nova pista segregada seja destinada a táxis e veículos com três ou mais pessoas. Ela ficaria ao lado da pista exclusiva de ônibus, que se estende por todo o corredor, passando por avenidas movimentadas como Tiradentes, 23 de Maio, Washington Luís e Interlagos. Segundo o secretário dos Transportes, Jilmar Tatto, o objetivo da chamada Faixa Solidária é incentivar o uso de táxis, a carona e também beneficiar vans escolares.

 

A criação da nova faixa foi uma sugestão do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxis de São Paulo. A categoria realizou um protesto na manhã de ontem. Os taxistas percorreram lentamente todo o corredor Norte-Sul, utilizando a faixa da esquerda. Além de travar o trânsito na avenida 23 de Maio, a manifestação também bloqueou o acesso ao aeroporto de Congonhas. 

 

Ao final do ato, representantes da categoria foram recebidos pelo secretário. Os taxistas protestam contra a proibição de circular na faixa exclusiva dos ônibus e contra a decisão da Justiça de São Paulo de cancelar todos os alvarás vigentes da categoria. De acordo com Tatto, a prefeitura já recorreu da decisão. Sobre a liberação do tráfego de táxis nas faixas exclusivas de ônibus, Tatto foi incisivo. “Isso não vai acontecer”.

 

Reorganização de linhas

A SPTrans, empresa que gerencia o transporte público da capital, planeja reestruturar as 1.331 linhas de ônibus que circulam pela cidade. O plano é criar uma espécie de anel viário no entorno do centro para desafogar o trânsito na região. Hoje, praticamente todos os ônibus necessariamente passam pelo centro. 

 

Com a mudança, os passageiros farão mais conexões para chegar ao destino. Mas a prefeitura afirma que o tempo de viagem será menor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp