19/09/2017 às 09h26min - Atualizada em 19/09/2017 às 09h26min

Segurança mata colega de trabalho e depois comete suicídio

- Redação

Um segurança lotado na Caixa Econômica Federal, matou com um tiro o próprio colega de trabalho e depois recorreu ao suicídio. O crime que chocou a cidade, aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (18), no município de Grajaú distante 557km da capital.

(Eraldo Viana Nogueira)

Foto: PM

(João Paulo Jorge)

Foto: PM

De acordo com as primeiras informações dadas pela polícia, Eraldo Viana Nogueira de 37 anos que atirou contra João Paulo Jorge de 34 anos, estaria passando por um momento difícil de vida, caracterizado inclusive como depressão, principal linha de investigação da polícia. O crime teria ocorrido durante o turno de plantão deles.

Logo após os disparos, os dois seguranças foram socorridos e encaminhados para o Hospital Geral de Grajaú, porém não resistiram aos ferimentos vindo a óbito horas depois. 

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp