09/08/2013 às 11h31min - Atualizada em 09/08/2013 às 11h31min

Prefeitura recadastra feirantes dos mercados públicos de São Luís

O objetivo da ação é atualizar a base de dados dos trabalhadores desse seguimento

SECOM | Prefeitura de São Luís

As equipes da Superintendência de Comercialização e Abastecimento da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) estão realizando o recadastramento de feirantes (permissionários) de boxes e bancas das feiras e mercados municipais da rede pública de São Luís. O objetivo da ação é atualizar a base de dados dos trabalhadores desse seguimento.

Os primeiros mercados a serem visitados foram as duas unidades da Feira da Cohab, onde 471 trabalhadores prestaram informações detalhadas.

Os próximos mercados serão Liberdade, Central e Coroadinho. Após o recadastramento, que tem o prazo de 90 dias, todas as permissões de uso serão regularizadas em nome dos atuais ocupantes.

Bárbara Souza da Cruz, que trabalha há pelo menos 20 anos na Feira da Cohab, concorda com a iniciativa da Semapa porque vai regularizar, definitivamente, a situação de quem é feirante profissional, que trabalha diariamente para garantir seu sustento.

O secretário da Semapa, Marcelo Coelho, afirmou que, assim que o recadastramento for concluído, serão concedidas novas permissões de uso e haverá uma revisão das taxas diárias de bancas e boxes de todos os mercados. Atualmente, a taxa média diária é de R$ 0,50 para bancas e R$ 1,75 por boxe.

Para Marcelo Coelho, as situações que necessitem de uma atenção especial, por exemplo, feirantes antigos, idosos e permanentes, serão apreciadas com o devido cuidado pelo serviço social da Semapa. “O prefeito Edvaldo Holanda Júnior quer que cada caso seja tratado com atenção e carinho que merece. Sempre buscando uma solução para proteger o feirante que tem apenas esse meio de vida para garantir seu sustento”, ressaltou.

O secretário disse ainda, que ao final de 90 dias, o setor estará regularizado e será implantado o novo regulamento de feiras e mercados de São Luís.

A rede de feiras e mercados públicos da capital conta com 26 unidades em grandes bairros, gerenciadas e assistidas pela Semapa, que atendem, juntamente com os 34 eventos de feiras livres, cerca de 100 mil consumidores/dia.

A Semapa está buscando recursos para realizar intervenções pontuais nos mercados e feiras de São Luís. A secretaria já tem um levantamento completo da situação e está previsto para o final deste mês, o lançamento do edital para a construção do novo Mercado do Anil.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp