13/01/2017 às 09h31min - Atualizada em 13/01/2017 às 09h31min

PF faz ação ligada à Caixa; Geddel seria alvo.

Ação ocorre no Distrito Federal, Bahia, Paraná e São Paulo.

- Redação | Judson Carvalho
Por noticias@band.com.br
Geddel deixou o cargo na Caixa em 2013, quando o PMDB na Bahia rompeu com o PT / Valter Campanato/ABr

A PF (Polícia Federal) realiza nesta sexta-feira uma operação que tem como alvos ex-gestores da Caixa Econômica Federal - um deles seria o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). 

 

A ação, batizada de Cui Bono, ocorre no Distrito Federal, Bahia, Paraná e São Paulo e cumpre sete mandados de busca e apreensão. Entre os alvos estão os vice-presidentes de Pessoa Jurídica e de Gestão de Ativos da Caixa entre 2011 e 2013.

 

Procurada pela BandNews FM, a Caixa confirmou que Geddel Vieira Lima era o VP de Pessoa Jurídica do banco na época. A PF, por sua vez, afirmou que não informa nomes de alvos da operação.

 

Já o ex-ministro não retornou os contatos da reportagem. Geddel deixou o cargo na Caixa em 2013, quando o PMDB na Bahia, diretório do qual era presidente, rompeu com o PT.

 

'Coiotes' são alvo de outra operação da PF 

 

Nesta manhã de sexta-feira, a PF também realiza a Operação Piratas do Caribe. O alvo das autoridades é uma quadrilha de coiotes que levava brasileiros ilegalmente para os Estados Unidos.

 

A ação cumpre sete mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva, em Rondônia, Santa Catarina e Minas Gerais. O comando é da PF de Ji-Paraná, em Rondônia.

 

*Informações BandNews FM

 

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br e também para nosso whatsapp -(98)98739-7762 .

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp