07/08/2013 às 09h54min - Atualizada em 07/08/2013 às 09h54min

Campanha alerta para o respeito a faixa de pedestres

O Detran-MA continua realizando ações de conscientização

Ascom-Detran

 Durante os dois primeiros dias de ação da campanha educativa do Detran-MA “No trânsito, todo mundo é pedestre da Semana do Pedestre,  educadores constataram que a maioria dos condutores não usam o cinto de segurança e  não respeitam a travessia do pedestre na faixa.

Esta é a principal reclamação de quem precisa utilizar a faixa, como é o caso da babá Maria José Peixoto, que sempre leva as crianças que toma conta para a escola. “Os motoristas só param quando tem uma fiscalização ou algo que os obrigue a parar na faixa. Muitos deles até estacionam em cima da faixa e não respeitam o momento do pedestre passar”, enfatizou Maria José.

A ação desta terça-feira (6) ocorreu nas faixas de pedestres, em frente à Escola Crescimento, e também em frente ao Centro Educacional Montessoriano Reino Infantil, ambas localizadas no bairro Renascença.

O mascote do Detran-MA o boneco Sinalito esteve presente na ação junto com educadores do trânsito que distribuíram panfletos na forma de ventarolas para motoristas e pedestres, marcadores de texto para os alunos, sacolas de lixocar para os motoristas referentes à postura que o pedestre deve ter na travessia da faixa, os cuidados ao andar na calçada e na travessia onde não há faixa de pedestre.

A Companhia de Policiamento Rodoviário Independente da Policia Militar do Maranhão e agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte também estiveram no local apoiando a ação.

Para o engenheiro Miguel Carvalhedo, que sempre leva seu filho à escola, os motoristas precisam estar atentos, mas o pedestre também precisa ter  atenção. “O motorista precisa respeitar o trânsito em geral, a faixa de pedestres e também as vagas destinadas a idosos e deficientes. Assim, como os pedestres precisam estar atentos se o motorista parou o carro, antes de atravessar a faixa, ou se pelo menos o motorista percebeu sua presença e reduziu a velocidade”, declarou Miguel.

Durante a campanha também foi observado a falta dos dispositivos de segurança para as crianças, que são conhecidos popularmente como cadeirinhas. Elas devem se utilizadas de acordo com o peso e a altura das crianças.

Somente neste primeiro semestre de 2013, mais de 300 pais já foram autuados por transporte irregular de crianças, segundo os registros do Detran-MA.

O condutor que for flagrado transportando criança de até sete anos e meio de idade fora do equipamento de segurança, será penalizado com multa gravíssima de R$ 191,54.

O diretor geral do Detran-MA, André Campos, durante a campanha percebeu que muitos motoristas, principalmente de ônibus não usam o cinto de segurança. “Percebemos que muitas pessoas estão preocupadas apenas com a fiscalização e não levam em conta a importância de respeitar as leis, principalmente o uso do cinto de segurança, esse assunto será alvo da nossa próximas campanha, com o intuito de conscientizar os condutores que o uso do dispositivo pode salvar vidas, a sua e de quem está ao seu lado”, afirmou André Campos.

Em 2013, já foram mais de 7 mil multas aplicadas pela falta do cinto de segurança, pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), andar sem o cinto de segurança é infração grave, com perda de cinco pontos na carteira mais multa de R$ 127,69.

Nesta quarta- feira (7), pela manhã a partir das 7h, a ação ocorreu em frente ao Sistema Educacional Master no bairro Filipinho e a tarde, a partir das 12h, na Escola General Artur Carvalho, no bairro de Fátima.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp