Portal Emaranhense Publicidade 728x90
31/10/2016 às 09h53min - Atualizada em 31/10/2016 às 09h53min

Edivaldo Holanda Júnior é reeleito com 53,94 % dos votos no segundo turno.

Deixaram de votar 8.758 (1,58%) e anularam 15.944 (2,88%). A abstenção registrada foi de 106.244 (16,10%) e o comparecimento de 553.535 (83,90%), sendo que nenhuma urna deu problema.

- emaranhense.com.br/com informaçõesTRE
Foto:Divulgação

 

Diferença de 41 mil 651 votos reelegeu Edivaldo Holanda Júnior (PDT) como prefeito de São Luís, onde, neste domingo, 30 de outubro, ocorreu 2º turno das eleições 2016. Ele disputava com Eduardo Braide do PMN, totalizando 285.242 (53,94%) contra 243.591 (46,06%) do segundo colocado. A diplomação ocorre no dia 19 de dezembro.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão encerrou a apuração dos votos às 19h11, quando foram recebidos todos os votos das 1.968 seções de 260 locais de votação distribuídos em 9 zonas eleitorais da cidade. Deixaram de votar 8.758 (1,58%) e anularam 15.944 (2,88%). A abstenção registrada foi de 106.244 (16,10%) e o comparecimento de 553.535 (83,90%), sendo que nenhuma urna deu problema.

Em coletiva de imprensa, presidente e corregedor do TRE-MA, desembargadores Lourival Serejo e Raimundo Barros, elogiaram o trabalho de todos os envolvidos no processo eleitoral, destacando o esquema de segurança que garantiu tranquilidade antes, durante e após a votação (formato MP4).

“Temos a satisfação de fazer este anúncio coroado de êxito. Atravessamos esse processo com coragem, planejamento, organização e muita disposição de nossos servidores e isto é um orgulho para a Justiça Eleitoral de prestar esse serviço à comunidade de São Luís, à democracia. Temos certeza de que afirmamos em cada eleição dessa o compromisso com a ética, transparência, celeridade e com a solidificação de nossa República”, elogiando, ao encerrar sua fala, o papel da imprensa novamente, que agiu como aliada porque contribuiu para a transparência das eleições.

Para o desembargador Raimundo Barros, a palavra da Justiça Eleitoral já havia sido dada pelo presidente, “da minha parte, da Corregedoria, nós só queríamos registrar que depois de dias, que denominei de dias tensos no primeiro turno, nós tivemos uma eleição absolutamente tranqüila neste segundo turno, sem nenhuma ocorrência, sem nenhum ato de violência ou de vandalismo. Mantivemos todo o planejamento do primeiro para este segundo turno e naturalmente, como disse nosso presidente, com a união de forças e a mobilização do quadro de pessoal e dos membros da Corte, de modo de que nos sentimos realizados, parabenizamos o prefeito reeleito e toda a comunidade por esse resultado”.

Edvaldo Holanda Júnior, acompanhado de correligionários, fez visita de cortesia ao Tribunal após o anúncio oficial do resultado, agradecendo o trabalho transparente desenvolvido pela Justiça Eleitoral do Maranhão.

Justificativa

Quem deixou de votar neste 2º turno tem até 60 dias para justificar o voto, apresentando requerimento nos cartórios eleitorais, que pode ser preenchido online, através do endereço eletrônico www.tse.jus.br/eleitor/servicos/justificativa-eleitoral/justificativa-eleitoral. A regra vale para o 1º turno também, lembrando que cada turno vale como uma eleição individual.

Saiba mais  desta e outras notícias em nosso facebook.Você pode enviar a sua denúncia para nosso whatsapp-(98)98739-7762.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp