19/03/2015 às 08h47min - Atualizada em 19/03/2015 às 08h47min

Ex-diretor presta depoimento na CPI da Petrobras

Renato Duque será ouvido na Câmara a partir das 9h30min desta quarta

notícia@band.com.br

O presidente da Câmara do Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), suspendeu o Ato 82 da Mesa Diretora - que proibia o depoimento de presos na Casa - para permitir a presença do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras.

 

Renato Duque prestará depoimento a partir das 9h30min desta quarta-feira. Inicialmente, ele seria ouvido no auditório da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. 

 

O ex-diretor da Petrobras voltou a ser preso na última segunda-feira, durante a décima fase da operação Lava Jato. Ele já havia sido detido em novembro do ano passado, quando a Polícia Federal deflagrou a sétima fase da operação. 

 

Ele deixou a carceragem da Superintendência da PF em Curitiba por volta das 5h desta quinta, escoltado por policiais, para a viagem até Brasília. Duque teria pedido para que as algemas não fossem usadas. 

O juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, autorizou a CPI da Petrobras a tomar o depoimento do ex-diretor da estatal nesta quinta-feira.

 

O magistrado determinou a apresentação de Duque, mediante escolta da Polícia Federal, na CPI que investiga desvios de recursos da Petrobras entre os anos 2005 e 2015.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp