03/03/2015 às 09h19min - Atualizada em 03/03/2015 às 09h19min

Lista de Janot’ será entregue nesta terça-feira ao STF

Janot deverá apresentar a lista com a participação individual de cada deputado ou senador por crimes e o pedido de abertura de inquérito

notícia@band.com.br

Exatos 351 dias após a deflagração da operação Lava Jato, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deverá entregar nesta terça-feira ao STF (Supremo Tribunal Federal) a lista dos políticos sobre os quais existem indícios de participação no esquema de corrupção na Petrobras.

A divulgação do nome dos acusados dependerá da queda do sigilo das investigações, decisão que caberá ao relator do caso no STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Teori Zavascki – e que pode não ser imediata.

Janot deverá apresentar a lista com a participação individual de cada deputado ou senador por crimes e o pedido de abertura de inquérito. A expectativa é por pedido de abertura de até 40 investigações individuais e os nomes dos acusados podem se repetir. O procurador também deverá fazer pedido de arquivamento de casos nos quais não foram confirmados indícios de práticas criminosas.

O grupo de trabalho – formado por oito procuradores – fazia até esta segunda a revisão da papelada.

A queda do sigilo do processo, no entanto, deverá ser parcial, para não prejudicar pedidos de diligências como quebra de sigilos e, em casos extremos, até pedidos de prisão preventiva.

Sem a apresentação de denúncia direta, a abertura de ação penal contra os acusados será caso a caso.

À medida que as provas forem coletadas, o STF decidirá sobre a mudança do status de acusado para réu do processo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp