06/02/2015 às 15h54min - Atualizada em 06/02/2015 às 15h54min

Petrobras: Bendine é o novo presidente

O nome de Bendine foi escolhido pela presidente Dilma; ele assume a vaga deixada por Graça Foster

notícia@band.com.br

Aldemir Bendine, do Banco do Brasil, é o novo presidente da Petrobras. A informação foi confirmada pelo Conselho de Administração da empresa na tarde desta sexta-feira. Segundo a estatal, o nome de Bendine foi aprovado em reunião realizada hoje e aprovado pela maioria. Ele substitui Graça Foster, que deixou o cargo na última quarta-feira. 

Funcionário de carreira do BB e atual presidente da instituição financeira, Bendine teria sido escolhido pessoalmente pela presidente Dilma Rousseff (PT). Aldemir Bendine, ou Dida - como é conhecido pelos amigos -, afirma não ter ligações com partidos políticos. Ele iniciou no Banco do Brasil quando tinha 15 anos e estava no comando da instituição desde 2009. 

Chegou à presidência do BB com a missão de aumentar o crédito ao consumo, uma imposição do ex-presidente Lula (PT). Bendine atendeu a ordem e quase duplicou a carteira de crédito do banco: saiu de R$ 300 bilhões em 2009 para R$ 520 bilhões no fim do ano de 2012. 

No mesmo período o total de ativos do Banco do Brasil subiu de R$ 700 bilhões para mais de R$ 1 trilhão e bateu recorde histórico de lucro. 

Polêmica

Em novembro do ano passado chegou a colocar o cargo de presidente à disposição. Bendine se envolveu em uma polêmica com a apresentadora e sua amiga particular Val Marchiori. 

Reportagem da "Folha de S. Paulo" afirmava que o Banco do Brasil teria concedido um empréstimo de R$ 2,7 milhões a uma empresa da apresentadora, com juros de 4% ao ano (menor que a inflação). O financiamento teria sido concedido a partir de uma linha subsidiada pelo BNDES, o que contraria as normas de ambas as instituições.

Além disso, segundo a Folha, Val tinha restrição de crédito por não ter pago um empréstimo anterior e também não apresentava capacidade financeira para obter o financiamento. 

Na época, Bendine negou que tenha participado da concessão do crédito. 

Paulista de Paraguaçu

Aldemir Bendine, de 51 anos, deu os primeiros passos na carreira na sua cidade natal: Paraguaçu Paulista, no interior de São Paulo. Ele começou no banco em 1978, como estagiário, e foi efetivado por meio de concurso público em 1982.  

Assumiu como gerente em Piracicaba, foi assessor na Superintendência II de São Paulo, gerente-executivo da Diretoria de Varejo e secretário-executivo do Conselho Diretor do Banco do Brasil. Em 2006 chegou à vice-presidência do setor de varejo da instituição. 

Bendine é formado em Administração de Empresas, torcedor do Palmeiras e fã da banda de rock Queen. Em 2014 recebeu o título de cidadão benemérito de Paraguaçu Paulista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp