03/12/2014 às 17h14min - Atualizada em 03/12/2014 às 17h14min

Gol será autuada por embarque de cadeirante

Passageira precisou se arrastar pela escada porque companhia não oferecia acesso a cadeirantes

Da BandNews FM noticias@band.com.br

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou, por meio de nota, que vai autuar os responsáveis pelo embarque inadequado da passageira Katya Hemelrijk da Silva em um avião da empresa Gol. O caso pode gerar até R$ 300 mil em multas. 

 

Katya é candeirante e precisou se arrastar pela escada para conseguir embarcar no voo 1070 - que decolou de Foz do Iguaçu para São Paulo. Isso porque a companhia não disponibilizava do equipamento adequado para que deficientes físicos tenham acesso à aeronave. 

 

O caso aconteceu na madrugada de terça-feira, no aeroporto internacional de Foz do Iguaçu. A ANAC solicitou que a Gol e a Infraero prestem informações sobre o ocorrido.

 

A cadeirante e executiva de uma empresa de cosméticos Katya Hemelrijk da Silva afirma que a Gol reconheceu o erro e se comprometeu a trabalhar em projetos de capacitação de funcionários. Ela ressalta que a repercussão expõe problemas comuns que devem ser resolvidos.

 

Funcionários da companhia se ofereceram para carregá-la no colo. Katya, no entanto, esclarece que fez questão de subir sozinha por precaução. Ela argumentou que não pdoeria contar com um funcionário que não fosse capacitado.

 

Segundo a superintendente do Instituto Brasileiro dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Tereza Costa do Amaral, as companhias aéreas deveriam ter se adequado as questões de acessibilidade desde 2007.

 

A Gol e a Infraero informaram que vão tomar as medidas necessárias para evitar que casos como este voltem a acontecer. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp