28/06/2013 às 09h50min - Atualizada em 28/06/2013 às 09h50min

Dois são presos por morte de dentista em SP

O crime aconteceu há um mês, em 27 de maio

TV Maranhense/Letícya Nascimento
Nesta quinta-feira (27), a polícia prendeu dois suspeitos que teriam colocado fogo em um consultório de um dentista em São José dos Campos, no interior de São Paulo. 
 
Entres os sususpeitos que estariam envolvidos no crime estão três menores de idade que estão em liberdade. O crime aconteceu há um mês, em 27 de maio.
 
Os detidos, de 30 e 23 anos, estão em Caçapava, também no interior paulista. Do trio de menores, uma adolescente, de 15 anos, colaborou com a polícia nas investigações. 
 
Cerca de 14 testemunhas já prestaram depoimento. As investigações continuam, mas os policiais chegaram à conclusão de que o crime não foi premeditado.
 
O crime 
 
O dentista Alexandre Peçanha Gaddy, de 41 anos, teve o corpo queimado em uma tentativa de assalto em seu consultório no dia 27 de maio, no interior de São Paulo. Ele teve mais de 50% do corpo queimado. O crime aconteceu por volta das 21h. 
 
Segundo a polícia, em um dado momento, os criminosos colocaram fogo no dentista após não encontrarem dinheiro no local. Em seguida, eles fugiram sem roubar nada. A polícia ainda não sabe informar o produto que foi utilizado para atear fogo na vítima.
 
O caso foi comunicado ao 1º Distrito Policial de São José dos Campos e, depois, encaminhado ao 5º DP e à Delegacia de Investigações Gerais da cidade.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp