17/09/2014 às 17h30min - Atualizada em 17/09/2014 às 17h30min

Falta de Unidades Socioeducativas prejudicam a ressocialização dos jovens no Maranhão

- emaranhense.com

Atualmente, no estado do Maranhão, existem 105 adolescentes internados cumprindo pena nas casas de detenção, desses, apenas vinte e oito são da capital. Prestando serviços em liberdade assistida são duzentos e sessenta e quatro o que mostra que é grande o número de jovens inseridos no mundo do crime.
A maior dificuldade que o governo enfrenta é a falta de Unidades Socioeducativas. Atualmenmte só existem duas unidades no estado, uma em Imperatiz e uma em São Luís. A unidade que estava sendo construída em Paço do Lumiar teve as obras suspensas por falta de alvará da prefeitura e por insatisfação da sociedade que teme aumento da violência.


Assista matéria completano vídeo a seguir.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp