29/08/2014 às 13h43min - Atualizada em 29/08/2014 às 13h43min

Torcedora é demitida após cometer atitude racista

Geyce Gomes - Emaranhense.com.br
Band News
Divulgação

A torcedora do Grêmio que xingou o goleiro do Santos,  Aranha,  de macaco, no jogo entre os times pela Copa do Brasil foi identificada como Patrícia Moreira. Ela prestava serviços de auxiliar de saúde bucal para Centro Médico Odontológico da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e foi afastada do trabalho depois do ocorrido na quinta-feira.

Através do twitter a Brigada Militar se posicionou contra a atitude da gremista.

"A torcedora era funcionária de uma empresa que presta serviços à clínica da BM. A Brigada Militar repudia quaisquer atitudes racistas".

A jovem foi intimada, devendo prestar depoimento ainda nesta sexta-feira (29) e o jogador também prestará depoimento mas este será por meio de carta precatória.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) recebeu o adendo enviado por e-mail pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio. Ele relatou  o ocorrido e o Grêmio poderá sofrer penalidades devido o  crime cometido pela torcedora.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp