19/08/2014 às 09h00min - Atualizada em 19/08/2014 às 09h00min

Evair relembra jogo que tirou Palmeiras da fila

Atacante diz ao Portal da Band que o jogo de sua vida foi a final contra o Corinthians pelo Paulistão de 1993

TV Maranhense - Portal TV Maranhense
TV Band

Evair teve duas passagens de grande sucesso no Palmeiras na década de 90 e tornou-se um dos principais ídolos da história do clube. 

 

A primeira aconteceu de 1991 a 1994. Foram 221 jogos, 187 gols, dois deles marcantes, que tiraram o time da fila de 17 anos sem título. Na ocasião, o Palmeiras goleou o Corinthians por 4 a 0 e faturou o Campeonato Paulista de 1993. No mesmo ano, ainda levantou a taça do Brasileiro e marcou época no ano seguinte sendo bicampeão estadual e do Brasileirão.

 

Na segunda passagem, em 1999, fez 24 jogos e 10 gols. De quebra, foi campeão da Libertadores em 1999. No ano do Centenário do Palmeiras, o Portal da Band pediu para o jogador descrever qual foi o jogo da vida pelo Verdão. E seu jogo inesquecível foi a final do Campeonato Paulista de 1993, contra o Corinthians. Confira o relato:

 

“O jogo da final de 1993, onde o Palmeiras quebrou um tabu em cima do maior rival foi inesquecível. Foi o mais marcante pra mim, porque foi um momento em que o palmeirense voltou a ter orgulho de vestir aquela camisa e eu sei o orgulho de ter podido ajudar a fazer aquela história.

 

Aquele gol foi o meu cartão de visita para o resto da minha vida. Até hoje é aquele que eu tenho o maior prazer de falar, comentar, conversar, de mostrar para os filhos, torcedor. Aquele título de 93 foi inesquecível.

Em nenhum momento eu tive a dúvida de perder (o título). O problema é que há muito tempo não se ganhava, então sempre existia a dúvida. Quando eu corri para bater aquele pênalti e vi que a bola estava entrando, eu fui o primeiro a saber, pois o goleiro ia para um lado e a bola ia para o outro, eu percebi que era o momento em que o Palmeiras ia quebrar o tabu.

 

Nos bastidores, a gente lembra com mais clareza é o fato da preleção e logo em seguida foi mostrado o vídeo do Viola imitando o porco, alguns familiares falando e, de repente, aquele pessoal todo pediu. O treinador Vanderlei perguntou se tinha mais alguma coisa. Todos se levantaram e queríamos que o campo fosse do lado de fora do hotel. Isso pra nós foi uma das coisas que mais chamou atenção.

 

Sobre a festa, eu lembro que cheguei em casa às 4h, tomei banho. Às 8h30 já estava acordado para ir pra Minas Gerais, porque tínhamos que comemorar, pois estávamos de férias e tínhamos feito a nossa obrigação. Todos os jogadores foram jogados pra cima do local onde nós estávamos. Era um momento em que todos por muito tempo esperavam por isso, ficar campeão ali deixou todo mundo roco. Ter ajudado o Palmeiras naquele momento ali”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp