12/08/2014 às 10h27min - Atualizada em 12/08/2014 às 10h27min

Reforçado, Real encara Sevilla na Supercopa

Atual campeão da Liga dos Campeões contará com as estreias de James Rodríguez e Toni Kroos

TV Maranhense - Redação TV Maranhense
TV Band

O meia colombiano James Rodríguez, artilheiro da Copa do Mundo no Brasil, tem a chance de conquistar o primeiro título com o novo clube, o Real Madrid, na decisão da Supercopa da Europa contra o Sevilla, nesta terça-feira em Cardiff, no País de Gales. O duelo terá transmissão da Band, a partir das 15h15 (de Brasília).

 

Contratado junto ao Mônaco por cerca de 80 milhões de euros, Rodríguez é o reforço de maior destaque em uma equipe que saiu atrás dos grandes destaques do último Mundial. Além dele, também chegaram ao Real o goleiro costarriquense Keylor Navas, que ajudou sua seleção a ir às quartas da Copa, e Toni Kroos, motor do meio-campo da campeã Alemanha.

 

"James e Kroos jogarão", declarou o técnico Carlo Ancelotti em coletiva de imprensa nesta segunda-feira, adiantando que Iker Casillas será o goleiro titular, o que retarda a estreia de Navas.

 

"James pode jogar em todas as posições de ataque: pelos lados e chegando por trás, como na Copa. Ele pode jogar como meia ofensivo também, mais pelo meio. Ele deve começar nesta posição", explicou Ancelotti.

 

O Real se classificou para brigar pelo troféu após vencer a Liga dos Campeões (4 a 1 na final contra o Atlético de Madri), enquanto o Sevilla jogará a decisão como atual campeão da Liga Europa (vitória nos pênaltis contra o Benfica).

 

"Acredito que estou no clube ideal para vencer. Todos na equipe são pessoas excelentes. É um grupo unido e esperamos conquistar títulos, que é o que o clube deseja. Estou feliz", afirmou James em declarações ao site do Real Madrid.

 

Volta do ídolo

 

Gareth Bale deixou o País de Gales ainda adolescente para jogar no Southampton e volta à cidade natal jogando hoje pela equipe mais condecorada da Europa, o Real Madrid das dez 'Champions'.

 

"Eu era um garoto magrelo", lembra Bale sobre o momento em que foi jogar na Inglaterra, nas categorias de base do Southampton, em 2005.

 

Nove anos depois, o meia volta para casa com dois títulos no bolso na primeira temporada na Espanha, a Copa do Rei e a Liga dos Campeões, títulos que ele ajudou o Real a conquistar, marcando um gol em cada final.

 

"Acredito que isto é ótimo para a cidade. Não recebemos um evento grande como este há muito tempo e é algo maravilhoso para a cidade", comemorou o jogador ao site da Uefa.

 

Um novo Sevilla

 

O Sevilla, treinado por Unay Emery, terminou a última Liga Espanhola na quinta colocação e chega à decisão com uma equipe bastante modificada em relação à temporada passada.

 

À espera de um substituto à altura para o croata Ivan Rakitic, vendido ao Barcelona, o Sevilla optará por uma equipe fisicamente mais forte, com o volante polonês Grzegorz Krychowiak como referência no meio.

 

A equipe andaluz conta com outros jogadores novos, como o atacante Iago Aspas, cedido pelo Liverpool, e também o espanhol Denis Súarez, emprestado pelo Barcelona após uma breve passagem pelo Manchester City.

 

"Este Sevilla é capaz de competir e derrotar o Real Madrid", disse Emery. "O Real não teve muito tempo para treinar e não estará no mais alto nível, apesar disso não significar que não sejam favoritos", comentou.

 

No último confronto entre as duas equipes, o Sevilla venceu por 2 a 1, com dois gols do colombiano Carlos Bacca, pelo segundo turno do Campeonato Espanhol.

 

No mata-mata europeu, Real e Sevilla já se enfrentaram nas quartas de final da Copa da Europa, na temporada 1957-58.

 

O Real venceu por 8 a 0 na ida (um recorde numa partida de quartas), com quatro gols de Alfredo Di Stéfano, antes da volta terminar empatada em 2 a 2, em Sevilla.

 

As duas equipes se decidiram uma final uma vez, na Copa do Rei de 1962. O Real venceu por 2 a 1 no Santiago Bernabéu.

 

Escalações:

 

Real Madrid: Casillas; Carvajal, Sergio Ramos, Pepe e Fabio Coentrão; Modric, Kroos, James Rodríguez; Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema

 

Sevilla: Beto; Coke, Pareja, Fazio e Moreno; Vitolo, Krychowiak, Carriço e Reyes; Bacca e Denis Suárez

 

Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp