11/08/2014 às 15h53min - Atualizada em 11/08/2014 às 15h53min

Menino atacado por tigre diz que pai não teve culpa

- noticias@band.com.br
Band SP

Vrajamay Fernandes Rocha, 11 anos, que teve o braço amputado após ser atacado por um tigre em um zoológico no Paraná, disse que o pai, Marcos do Carlo Rocha, não teve culpa no acidente ocorrido. 

“O meu pai não teve culpa. Ele não sabia que ia acontecer”, declarou em entrevista ao programa Fantástico, da Globo. 

Além disso, o menino contou que, na ambulância, quando era levado para o hospital, já sabia que iria perder o braço.

Depois da amputação, o menino ficou internado por uma semana. Ele recebeu alta médica na última quarta-feira retornou a São Paulo, onde mora com a mãe. 

Ainda na entrevista, Vrajamany pede também que o animal não seja sacrificado, e afirma que o tigre não teve culpa, pois quem colocou o braço entre as grades foi o garoto.

No fim do mês passado, o menino viajou com o pai, que também mora em São Paulo. Eles foram visitar o irmão caçula, por parte de pai, no Paraná. No dia 30, os três foram ao zoológico de Cascavel, onde aconteceu o acidente. 

Todo cuidado é pouco 

As crianças ficam encantadas quando vão até o zoológico e veem os animais de perto, porém toda sinalização, alerta e barreiras que impeçam o contato entre o ser humano e o animal devem ser respeitados.

Esse não é o primeiro caso de ataques nesse ambiente. Recentemente, um urso panda (aparentemente inofensivo) teve uma crise de estresse e atacou um jovem senhor que o visitava no momento. Felizmente a vítima sofreu apenas ferimentos leves.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp