08/08/2014 às 10h27min - Atualizada em 08/08/2014 às 10h27min

Bielsa nega ser 'revolucionário'

Técnico diz 'não ter objetivos' com Olympique

TV Maranhense - Emaranhense.com.br
TV Band

Aguardado como um Messias pela apaixonada torcida do Olympique de Marselha, o técnico argentino Marcelo Bielsa negou nesta quinta-feira ser "revolucionário" e surpreendeu ao afirmar que não estabeleceu objetivos para sua primeira temporada à frente do clube do sul da França.

"Não me dei objetivos, porque meu único objetivo é vencer a próxima partida", disse "El Loco".

O argentino tem a difícil missão de tirar o clube mais popular da França do marasmo, depois de uma temporada desastrosa.

O Olympique terminou em sexto lugar no Campeonato Francês, fora da zona de classificação para as competições europeias, e deu vexame na Liga dos Campeões, terminando sua campanha sem somar um ponto sequer, com seis derrotas em seis partidas.

O torcedor já começou a ver progressos nos amistosos de pré-temporada, marcados por quatro vitórias convincentes, sobre Bayer Leverkusen (4 a 1), Benfica (2 a 1), Willem II, da Holanda, (5 a 0) e Chievo (3 a 1), e um empate por 1 a 1 com o Bari.

"As partidas de preparação não têm valor nenhum", minimizou o técnico que fez sucesso à frente da seleção chilena e do Athletic Bilbao. "O importante é vencer no fim de semana (na estreia pelo Campeonato Francês, contra o Bastia). Se perdermos, não poderemos inventar desculpas".

Mesmo sem esbanjar otimismo, Bielsa não revelou preocupação com a superioridade financeira dos favoritos Paris Saint-Germain e Mônaco, que contam com investidores bilionários. "A beleza do futebol é que você nunca sabe o que pode acontecer, por isso evito dar palpites".

Apesar da fama de ser um dos técnicos mais inovadores dos últimos anos, inspirando inclusive Josep Guardiola, treinador mais badalado da atualidade, o argentino manteve a modéstia.

"Não tem nada de novo no que eu faço. Não me vejo como um revolucionário, de maneira alguma. Não existem precedentes na minha carreira que mostrem isso", explicou 'El Loco', que resumiu sua filosofia de jogo com palavras simples: "tratar de atacar e ter o máximo de posse de bola".

Bielsa, que já trocou farpas várias vezes com jornalistas, disse "não ter problemas com a mídia", mas não demorou a adotar um tom irônico.

Quando foi perguntado sobre o hábito de fechar os treinos, o técnico disparou: "Não é porque os treinos serão abertos à imprensa que os ignorantes deixarão de ser ignorantes".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp