11/06/2013 às 16h04min - Atualizada em 11/06/2013 às 16h04min

Idosos participam de oficina de enfrentamento à violência realizada pela Semus

Casos de violência contra idosos vão de agressões verbais à roubo de dinheiro

TVMaranhense/Rose Castro

Com o tema “Conhecer para Identificar Notificar é Cuidar”, o evento faz parte da programação de enfrentamento mundial contra a violência à pessoa idosa e teve início nesta terça-feira (11) e se estende até o final da semana. O objetivo é  conscientizar a sociedade em geral para a questão da violência e abuso contra os idosos.  

As oficinas contam  com palestras, debates e orientação destinado aos profissionais que atuam na coordenação da área de atenção primária à saúde do município para o preenchimento da ficha de notificação de violência. Essa preocupação com o bem estar da população idosa será reforçada junto aos diretores gerais das unidades de saúde que participam das oficinas. O Dia Mundial de Conscientização pelo Enfrentamento da Violência Contra Idosos é lembrado no dia 15 de junho e foi instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa.

Casos de violência contra idosos vão de agressões verbais à roubo de dinheiro

Durante o período de janeiro de 2012 a maio de 2013 foram registrados mais de 1.800 denúncias de crimes contra idosos no Maranhão. A negligência foi o tipo de violência mais comum, seguida da violência psicológica e do abuso financeiro. Os principais agressores são os familiares, principalmente os filhos. Os dados são Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), por meio do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (Ciapvi). 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp