06/08/2014 às 10h39min - Atualizada em 06/08/2014 às 10h39min

Ceará: Fãs não separam pessoa de personagem

Wellington fala sobre invasão de privacidade

TV Maranhense - Emaranhense.com.br
TV Band

No programa do último domingo, dia 3, o repórter Vesgo foi esculachado por Luana Piovani, em uma praia no Rio de Janeiro, e foi acusado de estar invadindo o espaço da atriz. 

Wellington Muniz, o Sílvio do Pânico na Band, falou sobre a polêmica questão de famosos que têm sua privacidade invadida pela imprensa e pelos fãs. "Tem artista que coloca foto da família, da sua vida nas redes sociais, então acho que não pode reclamar quando alguém vai entrevistar. Agora se o repórter invade sua casa, seu espaço, ai não é bacana", contou.

Ceará revelou também que a maioria dos fãs não separa a personagem da pessoa real e que isso fez com que ele próprio se tornasse um personagem em tempo integral. "Eu faço um programa de humor, então é diferente você estar em um lugar como personagem, que é seu escudo, e estar fora do personagem. Mas acho que o grande público te vê igual dentro e fora dele", disse. "Eu mesmo acabei virando uma personagem, as pessoas me chamam de Sílvio, de Ceará. Acho que não dá para controlar isso", continuou. 

O repórter ainda contou que para o fã que gosta mesmo da pessoa, as fotos e abordagens – independente do lugar – não parecem invasivas. "O fã que gosta de você mesmo não vai pedir permissão. Na empolgação, para ele, não interessa isso. Se ele quer uma foto, ele vai tirar uma foto, não importa onde você está. Fã que é fã não separa as coisas e não vai achar invasivo, mas não é bacana você invadir o espaço da outra pessoa, famosa ou não", finalizou. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp