15/07/2014 às 09h02min - Atualizada em 15/07/2014 às 09h02min

Imagens exclusivas mostram prisão de traficante

Na última semana, mais de 40 pessoas foram detidas em operação para combater a organização criminosa

Imagens exclusivas do Jornal da Bandmostram o momento em que policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) invadem a casa do traficante Fernando Rasquinho, conhecido como Ousadia. Ele é um dos homens responsáveis por abastecer com drogas cerca de cinquenta pontos de tráfico do PCC (Primeiro Comando da Capital), na região metropolitana de São Paulo.


Durante uma semana de operação, quarenta pessoas foram presas e 102kg de cocaína, 40kg de maconha, armas, carros e arquivos de contabilidade foram apreendidos.

Marcos Herbas Camacho, o Marcola, Fabiano Alves de Souza, o Paca, Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue e Edilson Borges Nogueira, o Birosca, são os nomes que comandam o tráfico, o maior negócio do PCC.



O centro de comando do crime organizado funciona no presídio de segurança máxima de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, e a contabilidade é rígida: até para transportar as drogas são emitidos recibos, em códigos. Maconha, cocaína, crack e lança perfume são identificados como marcas de diferentes cervejas.

Em uma carta apreendida, um integrante da quadrilha envia um relatório da rotina do crime. Ele informa, inclusive, que precisa pagar um pedreiro para fazer a toca, como é conhecido o esconderijo das drogas.

Além do controle financeiro, o crime organizado passou ter uma estreita relação com agentes de segurança corruptos. Conversas e trocas de mensagens flagradas pela investigação mostram que, para evitar prisões e apreensões de drogas, os bandidos estariam pagando uma mesada para policiais. Até integrantes da tropa de elite da PM foram flagrados em negociações com o PCC.

O esquema foi denunciado pela Band em várias reportagens exclusivas nos últimos dois anos. A Secretaria de Segurança Pública afirmou que só vai se pronunciar a respeito das denúncias contra os policiais envolvidos na terça-feira (15).

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp