07/07/2014 às 18h24min - Atualizada em 07/07/2014 às 18h24min

Polícia Civil prende integrante de gangue que cometeu latrocínio no Jaracaty

TV Maranhense
SSP-MA

Um trabalho de investigação da equipe de policiais civis do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DECRIF), ligada a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), resultou no cumprimento do mandado de prisão contra Jeferson Rocha de Alencar, 22 anos, natural de Itapecuru Mirim, acusado da prática de latrocínio contra Jorge Luís Barros Abreu, de 50 anos, funcionário da Empresa Niagara Empreendimentos. O criminoso foi condenado a 20 anos de reclusão em regime fechado pelo referido crime.  

Após uma semana de levantamentos, Jeferson Rocha foi capturado na madrugada desta segunda-feira (7), no município de Vitória do Mearim. Ele ainda tentou empreender fuga, mas a Polícia conseguiu capturá-lo nas proximidades de uma residência.  Segundo a polícia, Jeferson Alencar em companhia de mais quatro criminosos, teria seguido o funcionário da empresa que estava levando a quantia de 62 mil reais para efetuar o pagamento de funcionários em uma construção no bairro Jaracaty.Ainda segundo informações, a vítima fez um saque numa agência bancária nas imediações do Renascença e se deslocou ao canteiro de obras, onde se encontrava o restante dos funcionários da construtora.  Antes de sair do veículo ele foi abordado por Jeferson Rocha e mais quatro assaltantes que estavam em um Celta. Mesmo sem esboçar nenhuma reação Jorge Luís foi atingido com um tiro no peito. O crime de latrocínio aconteceu no dia 31 de maio do ano de 2013.  

O delegado Tiago Mattos Bardal, do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras, responsável pelo captura do envolvido, disse que ele tem passagens pela polícia e é um elemento muito perigoso. “Conseguimos retirar de circulação um criminoso bastante perigoso e que agia muito no bairro João de Deus. Além do latrocínio, ele tem passagem pelo crime de homicídio cometido no mesmo bairro. Excelente trabalho dos policiais civis”, afirmou.De acordo com os levantamentos, o tiro que vitimou Jorge Luís foi disparado por Jefferson Rocha Alencar. Alguns dos integrantes da quadrilha que esteve presente durante o crime já são conhecidos da polícia pela prática de outros crimes.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp