18/06/2014 às 08h20min - Atualizada em 18/06/2014 às 08h20min

Prefeitura capacita servidores da saúde para atendimento de usuários de drogas

TV Maranhense
SES
A Prefeitura de São Luís promove capacitação para os agentes comunitários e técnicos de enfermagem da rede municipal de saúde no atendimento aos usuários de crack e outras drogas. O curso é desenvolvido através do Projeto Caminhos do Cuidado do Ministério da Saúde sendo executado em São Luís pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus).
 
Ao todo, existem seis turmas em andamento e mais 16 previstas para começarem até o fim deste ano. Os cursos estão sendo realizados no Hospital Mulher reunindo agentes comunitários e técnicos da área Itaqui-Bacanga, na Faculdade Pitágoras para agentes da Vila Esperança (Zona Rural) e na Escola Técnica do SUS para profissionais do Centro e Itaqui-Bacanga.
 
O objetivo da formação é oferecer um conjunto de estratégias e conhecimentos, que possibilitem aos agentes comunitários de saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem em saúde mental, acolher e cuidar do usuário de drogas de forma integral, visando à reintegração social e cidadania desses pacientes.
 
“Com o atendimento adequado e procedimentos mais eficientes aos usuários de drogas e seus familiares teremos uma redução bem maior de danos e chances maiores de recuperação”, esclareceu a responsável pelo Núcleo de Educação Permanente em Atenção Básica, Maria dos Remédios Lira.
 
Na tarde da última segunda-feira (17), foi finalizada no Hospital da Mulher a primeira turma do projeto que formou 27 profissionais da área Itaqui-Bacanga. O projeto Caminhos do Cuidado, iniciado em março do ano passado, encontra-se em sua terceira fase e tem como meta oferecer formação em saúde mental, crack e outras drogas para um total de 290.197 agentes comunitários de saúde (ACSs) e auxiliares e técnicos de enfermagem (ATENFs).
 
O processo de formação inova pela dinâmica, já que oferece estratégias que possibilitam aos atores da Atenção Básica trabalhar em conjunto com a Saúde Mental, acolhendo e cuidando do usuário. O trabalho é desenvolvido conforme as especificidades de cada território, considerando a realidade das mais diferentes regiões do Brasil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp