10/06/2014 às 08h59min - Atualizada em 10/06/2014 às 08h59min

Projeto cultural levou música, dança e teatro às ruas de São Luís

Projeto ‘Conexão Dança’ foi realizado durante 08 dias, no Centro Histórico de São Luís e reuniu artistas nacionais e locais em favor da arte.

Jeferson Lauande

Durante 08 dias, o Centro Histórico de São Luís respirou a arte da VI edição do ‘Conexão Dança’, que teve seu fim na manhã dessa segunda-feira (9), com bate-papo com Vanilton Lakka (MG) que levou ao Centro de Ciências Humanas da UFMA um tema relevante com a arte contemporânea: “Para uma Cidade Habitar um Corpo: Proposições de uso do Espaço Urbano e seus acréscimos na Formação do Artista Cênico”.

Nos dias anteriores o projeto organizou também oficinas de artes plásticas, dança e improvisação. Trouxe a São Luís um dos espetáculos mais admirados em todo Brasil, “A Projetista”, apresentação por Dudude Herrmann, mostrando uma geração criadora que passou a mudar a postura em relação ao mercado, organizando-se à frente às exigências solicitadas, suprindo demandas e, ao mesmo tempo, tornando-se refém.

Os convidados do evento ainda aproveitaram para conhecer apresentação do grupo cearense, Balé baião de dança que levou ao João do Vale “Negrume”, espetáculo que mostrou crenças e cultura das tribos indígenas.

Contemplado no programa CAIXA de apoio ao Festival de Teatro e Dança, o Conexão teve a realização do “BemDito Coletivo” e contou ainda com apoio do Sesc Maranhão e da Guest House.   

Na VI edição do evento que faz parte do calendário cultural de São Luís, mostrou um conjunto de ações direcionadas para artistas da dança, performance, artes visuais, teatro entre outras linguagens, promovendo um espaço de circulação e encontro, em sua diversidade de linguagens, perspectivas de criação e pesquisa no universo artístico contemporâneo tendo o corpo como acionador de questões.

Em oito dias de apresentações, os convidados se dividiram nos seguintes espaços: Galeria Trapiche (Praia Grande), Teatro Artur Azevedo, João do Vale, Alcione Nazaré e Guest House. Também na Praia Grande, Fonte do Ribeirão, Laborarte, UFMA e Galeria Trapiche. Todos com entrada franca e contou com quase 1.500 espectadores durante os oito dias.

De São Luís, o festival cultural contou ainda com as participações dos artistas locais: Julia Emília/ Grupo Teatro dança, Hélio Martins, Marcia Aquino, Gê Viana, Cléo Junior, Egnaldo Gomes, Tieta Macau, Carla Purcina, Ruan Paz, Luriana Barros, Yuri Azevedo, Erivelto Viana, Doroti Martz, Núcleo de Formação Artística/ Donny dos Santos, Diones Caldas e Tairo Lisboa. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp