Portal Emaranhense Publicidade 728x90
06/06/2014 às 18h06min - Atualizada em 06/06/2014 às 18h06min

Passagem de ônibus de São Luís aumenta R$ 0,30 a partir de domingo

Tv maranhense

No dia 22 de maio começou a greve dos rodoviários após uma série de reuniões foi decidido que não haveria aumento salarial nem de passagem.  Após esta decisão os grevistas decidirão continuar com a paralisação. O que resultou em 15 dias de caos na cidade. Foi necessário o Ministério Público pedir que a Prefeitura de São Luís promovesse a imediata deflagração do processo licitatório das linhas de transporte urbano. Em entrevista a promotora do Consumidor, Lítia Cavalcante afirma que todos os prazos dados são imediatos.

O superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), Luís Cláudio Siqueira afirmou que a partir de domingo (08) a passagem aumentará R$ 0,30. A decisão foi anunciada após reunião dos representantes do Sindicato dos Rodoviários e com o secretário Municipal de Transportes, Canindé Barros. A proposta de aumento foi feita pela prefeitura que formalizou, também, o fim do pagamento de meia-passagem durante todos os domingos. Na audiência, foi determinado pela Justiça o aumento de 7,8% nos salários dos rodoviários, além do reajuste no ticket-alimentação, em 9,6%.  Contudo foi afirmado pelo SET que será colocado 250 ônibus em circulação até janeiro; de acordo com a possiblidade de entrega das frotas de cada empresa e que se faz essencial para recuperar o equilíbrio da economia no setor rodoviário. Será feita uma nova solicitação de empresas com agilidade para que os usuários tenham uma qualidade em transporte melhor.  A SMTT tem como objetivo combater os transporte clandestino e a fraude de usuários.

O Presidente do SET, José Luiz Medeiros ressaltou a importância da atuação do Governo do Estado, no sentido de viabilizar a redução da alíquota do óleo diesel, a exemplo do que já ocorre em diversas capitais do país.

“Acreditamos que a Governadora Roseana Sarney seja sensível à questão do transporte coletivo utilizado pela maioria da população e em geral a parte mais necessitada. Assim, não seria justificável existir redução do imposto ICMS apenas para o setor de táxis que beneficia somente uma menor parcela da população. É vital e urgente que essa redução de imposto beneficie a grande maioria da população mais pobre e que é usuária do transporte coletivo”, enfatizou Medeiros.

Ainda declarou que o Sindicato apoia integralmente a Promotoria de Justiça no que diz respeito à execução das medidas previstas no TAC – Termo de Ajustamento de Conduta do Transporte Coletivo da capital maranhense, por acreditar que essas ações serão determinantes para finalmente proporcionar as desejadas e necessárias melhorias para o transporte público da cidade de São Luís.

“Acreditamos que daqui para frente, a Prefeitura de São Luís irá tratar a questão do transporte público com a devida atenção e prioridade, evitando os erros de gestão dos últimos 5 anos que sucatearam o transporte público da cidade; e dando condições concretas de operação para as empresas, mas também cobrando dos empresários do setor as melhorias tão desejadas e urgentes no sistema de transporte coletivo. Que o Prefeito Edvaldo Holanda Jr. e sua equipe consigam fazer a transformação qualitativa do sistema de transporte público tão esperada pelos maranhenses há anos”, declarou José Luiz Medeiros.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp