03/06/2014 às 11h34min - Atualizada em 03/06/2014 às 11h34min

Zelador: corpo foi queimado em churrasqueira

Publicitário confessou o crime, que teria sido motivado por discussão

Paula Monteiro, do Café com Jornal - noticias@band.com.br
Band

O corpo do zelador que havia desaparecido na última sexta-feira estava sendo queimado, aos pedaços, em uma churrasqueira pelo publicitário suspeito de tê-lo matado. Ele confessou o crime em depoimento aos investigadores. 

O homem, de 47 anos, disse que brigou com o funcionário do edifício onde vive. Por causa das desavenças, ele disse que teria decidido matá-lo. Assim como o marido, a esposa do suspeito, uma advogada de 42 anos, também está presa temporariamente. 

O casal foi flagrado, por câmeras de segurança do edifício, carregando malas de viagem para seu carro. Em seu depoimento, a esposa disse que as malas estavam cheias de roupas para doação, a qual seria feita a uma igreja próxima. Mas como ela estava fechada, eles teriam retornado para o apartamento. A mulher não confessa participação no crime.

Ainda nesta terça, eles devem ser transferidos da carceragem do 13º Distrito Policial, na Casa Verde, zona norte de São Paulo, para delegacias diferentes da capital paulista, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

Suspeitos devem ser transferidos ainda hoje:

 

Prisão

A Justiça de São Paulo decretou a prisão temporária do homem acusado de matar o zelador de um prédio na zona norte, além da detenção de sua esposa. Agora, a Polícia Civil investiga se a mulher colaborou com o companheiro no homicídio e na ocultação de cadáver.  

Ontem, o corpo do zelador, de 63 anos, foi encontrado na casa do pai do acusado, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Na última sexta-feira, a vítima desapareceu do condomínio, onde trabalhava há cinco anos.  

Câmeras de monitoramento do prédio mostram o zelador entrando no elevador e descendo em um dos andares para entregar as correspondências. Depois disso, ele não foi mais visto.  

No sábado, a polícia foi até um dos apartamentos depois que uma moradora afirmou ter ouvido uma discussão. Na ocasião, o suspeito, morador do imóvel, garantiu aos policiais que não sabia do paradeiro do zelador. Os investigadores suspeitaram e passaram a monitorar o publicitário.  Nesta segunda-feira, ele foi preso em flagrante.

Publicitário foi localizado na segunda:


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp