03/06/2014 às 08h47min - Atualizada em 03/06/2014 às 08h47min

Primeiro módulo de formação para professores do programa

O objetivo é estimular o desenvolvimento neurocognitivo e psicomotor de crianças de dois a seis anos, com metodologias simples e de baixo custo.

Secom/Prefeitura de São Luís

Professores e coordenadores pedagógicos da rede municipal de ensino participaram do primeiro módulo de formação oferecido pelo programa Ativamente 2014, uma parceria da Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Educação (Semed) e o Instituto Neurocenter, com o núcleo de Neurociência da Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP). O curso terá duração de dez meses.

O secretário de Educação, Geraldo Castro, lembrou que a ação integra a política de formações da Semed, promovendo a valorização dos profissionais do magistério,um das diretrizes de governo do prefeito Edivaldo. A formação deve beneficiar 250 docentes e mais de duas mil crianças, que poderão usufruir da capacitação e atualização curricular dos professores na rotina das salas de aula.

“O Programa Ativamente é uma experiência de sucesso na rede municipal de ensino, tanto que neste ano a abrangência dele foi ampliada de duas para dez escolas. Esperamos que esta formação traga ainda mais qualidade ao trabalho que já é desenvolvido rotineiramente pelos nossos competentes educadores”, disse o secretário de Educação, Geraldo Castro.

Ao longo da capacitação, os profissionais terão a oportunidade de discutir eixos temáticos relativos ao neurodesenvolvimento aplicado à educação, como Atualizações em Neurociências, Neurobiologia da Aprendizagem, Linguagem, Memória, Atenção, Psicomotricidade, Fatores Fisiológicos que interferem na Aprendizagem, Musicalização, Psicologia Social e Planejamento Educacional.

Entre as participantes está a professora Maize Melo da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Cônego Sidney Castelo Branco Furtado. Embora não trabalhe com Educação Infantil, a professora do 5º ano do Ensino Fundamental aproveitou os conhecimentos transmitidos no primeiro módulo de formação.

“São informações que nos auxiliam muito e referendam muito do que já aplicamos na sala de aula. Ajudam a entender o tempo do aprendizado das crianças, saber quando é hora de enfatizar o visual e quando apelar para a ludicidade”, afirmou Maize Melo.

O primeiro módulo, intitulado “Neurobiologia da Aprendizagem”, foi ministrado pela consultora científica do Neurocenter, Roselaine Pontes de Almeida. Além de pedagoga e psicopedagoga, Roselaine é mestre em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência pela Universidade Federal de São Paulo (USP) e doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

SOBRE O ATIVAMENTE

Criado em novembro de 2012 pelas pesquisadoras Jucélia Ganz e Luce Malba Campos, o programa Ativamente é aplicado desde agosto de 2013 na rede de ensino pública da Prefeitura de São Luís. O objetivo é estimular o desenvolvimento neurocognitivo e psicomotor de crianças de dois a seis anos, com metodologias simples e de baixo custo. Através do Ativamente são trabalhadas as capacidades linguística, motora, de memória, atenção e raciocínio lógico das crianças, além de habilidades sociais e emocionais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp